Postado em quarta-feira, 12 de junho de 2019 às 14:02

Câmara convoca 2 secretários para prestarem esclarecimentos

Carlos Miguel e Cheta terão que prestar esclarecimentos sobre ações em suas pastas.


Alessandro Emergente

Dois secretários municipais foram convocados pelos vereadores a prestarem esclarecimentos sobre as suas pastas à Câmara Municipal. As convocações foram aprovadas pelo plenário na sessão legislativa de segunda-feira. Os secretários convocados são Carlos Miguel dos Anjos (Desenvolvimento Econômico) e Antônio Anchieta de Brito, o Cheta (Desenvolvimento Urbano).

O pedido de convocação de Cheta já estava na pauta da reunião. O requerimento foi formalizado por Domingos dos Reis Monteiro (Dominguinhos/PSB) e afirma haver necessidade de esclarecimentos sobre obras que estão sendo realizadas pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano.

Já o pedido de convocação de Carlos Miguel foi feito verbalmente durante a sessão legislativa. A iniciativa partiu do vereador Edson Lélis (Edson da Distribuidora/PR) durante a discussão para votação do requerimento que convocou Cheta. Não houve, no pedido em plenário, uma especificação para ida dele ao Legislativo e sim uma justificativa genérica, de haver a necessidade de prestar esclarecimentos sobre a Secretaria comandada por ele.

Cheta e Carlos Miguel serão ouvidos pelos vereadores sobre ações em suas secretarias (Fotos: Arquivo - Alessandro Emergente/Alfenas Hoje)


Um dos prováveis questionamentos a Carlos Miguel será relacionado a ações de servidores subordinados a sua Secretaria, especificamente Itamar Silva. Grande parte da reunião foi reservada pelos vereadores para rebaterem postagens feitas por Silva nas redes sociais em relação a legislatura.

Os parlamentares não citaram nominalmente Silva em suas falas, mas – demonstrando irritação – vários deles direcionaram críticas ao integrante da Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

Na semana passada, Silva criticou a cúpula do governo de prejudicarem uma negociação com a direção da Havan, em Santa Catarina, para apresentação de uma proposta para instalação de uma filial em Alfenas. Apontou motivações ideológicas na decisão administrativa, citando membros do governo, como o controlador-geral do Município, Patrick Borges. A Prefeitura de Alfenas chegou a publicar uma nota oficial rebatendo as críticas.

As convocações normalmente são para que os convocados utilizem a tribuna da Câmara Municipal durante a sessão legislativa. Porém, há casos em que os vereadores decidiram ouvi-los de forma reservada, em reuniões não públicas. No ano passado, Leonardo Vilela (Defesa Social) chegou a ser convocado para prestar esclarecimento sobre instalação de redutores na cidade, mas a reunião não ocorreu durante a sessão pública.

Até a publicação desta reportagem ainda não havia uma definição sobre os dias e horários em que os secretários serão ouvidos. A decisão deve ocorrer até à tarde de quinta-feira.



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.