Postado em sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017 às 13:23

Convocados na 2ª chamada do Prouni devem comprovar informações até esta sexta

Nos dias 7 e 8 de março, estudantes podem manifestar interesse em aderir à lista de espera.


Termina nesta sexta-feira (24) o prazo para os convocados na segunda chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni) comprovarem as informações nas instituições de ensino. Se o prazo não for cumprido, o estudante perde a bolsa de estudo.

Nos dias 7 e 8 de março, ocorre o prazo para participar da lista de espera do programa. Os interessados devem confirmar interesse no site http://siteprouni.mec.gov.br.

A lista de espera do Prouni será única para cada curso e turno de cada local de oferta, independentemente da opção original dos candidatos pela concorrência a vagas destinadas à implementação de políticas afirmativas ou à ampla concorrência.

Pode participar da lista de espera, exclusivamente para o curso correspondente à primeira opção, o candidato:

  -  Não pré-selecionado nas chamadas regulares.
  -  Pré-selecionado na segunda opção de curso, reprovado por não formação de turma.

Pode participar da lista de espera, exclusivamente para o curso correspondente à segunda opção, o candidato:

  -  Não pré-selecionado nas chamadas regulares, na hipótese de não ter ocorrido formação de turma na primeira opção de curso.
  -  Não pré-selecionado nas chamadas regulares, na hipótese de não haver bolsas disponíveis na primeira opção de curso.
  -  Pré-selecionado na primeira opção de curso, reprovado por não formação de turma.

A relação dos candidatos participantes da lista de espera será divulgada no dia 10 de março. Todos os candidatos participantes da lista de espera terão de comparecer, entre os dias 13 e 14 de março, às respectivas instituições para apresentar a documentação para comprovação das informações prestadas na inscrição.

Edição do primeiro semestre

A atual edição do Prouni teve 1.535.042 candidatos inscritos. Como cada um pôde fazer duas opções de curso, o número de inscrições chegou a 2.976.550.

No total, foram ofertadas 214.242 bolsas em 13.521 cursos, distribuídos em 1.065 instituições de todo o Brasil. O número é o maior desde a criação do programa, em 2004, e representa crescimento de aproximadamente 5% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram oferecidas 203.602 bolsas. Este ano, foram registrados 7,16 candidatos por vaga.

G1