Postado em terça-feira, 22 de março de 2016

Comissão Especial sobre contrato do lixo terá Guinho como relator e Elder, presidente

A comissão foi formalizada durante a sessão legislativa de segunda-feira.


 Alessandro Emergente

A Comissão Especial sobre a execução do contrato de coleta e tratamento de resíduos sólidos (lixo) terá o vereador Elder Martins (Pros) como presidente e o petista Vagner Morais (Guinho) como relator. A definição foi anunciada no final da sessão legislativa de segunda-feira, quando a Comissão foi formalizada pela presidência da Câmara.

O presidente da Câmara Municipal, Enéias Rezende (PRTB), chegou a anunciar o nome do pedetista Francisco Rodrigues da Cunha Neto (Prof. Chico) como relator. Porém, Guinho contestou, afirmando que, dessa forma, o governo teria o controle das duas principais funções da comissão.

Prof. Chico é líder do governo na Câmara Municipal, enquanto Elder Martins, embora se declare independente, costuma votar com base do governo. Além disso, na semana passada, não descartou sua ida para o PDT, após um convite de integrantes do partido do prefeito Maurílio Peloso. 

Diante da contestação, a sessão chegou a ser interrompida por cinco minutos. Ao retornar ao plenário, Enéias anunciou Guinho como relator e confirmou Elder como presidente.

Além dos dois, a Comissão Especial é composta por Prof. Chico, Waldemilson Bassoto (Padre/Pros), Antônio Carlos da Silva (Dr. Batata/PSB) e Evanílson Pereira de Andrade (Ratinho/PHS). Na semana passada, havia sido anunciado o nome de José Carlos Morais (Vardemá) como integrante, porém ele foi substituído por Ratinho. 

A Comissão Especial analisará o contrato da prefeitura de Alfenas com a empresa Alfenas Ambiental, verificando a sua execução. A comissão foi criada após um aumento na taxa de coleta de resíduos sólidos (TCRS), embutida no IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). A TCRS, conhecida como taxa de lixo, chegou a aumentar 300%

Projeto aprovado

Um projeto de lei, aprovado pela Câmara Municipal durante a sessão, permite que a prefeitura intervenha em áreas de uso comunitário de associações de moradores ou de entidades sem fins lucrativos. A proposição foi aprovada em segunda votação e segue para análise do prefeito Maurílio Peloso, que poderá sancionar ou vetar o projeto, que é de autoria de Ratinho.

 

Guinho (camisa amarela) será o relator e Elder Martins, o presidente da Comissão Especial
sobre o contrato com a empresa Alfenas Ambiental (Fotos: Alessandro Emergente)

 



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.