Postado em sexta-feira, 11 de dezembro de 2015 às 09:03

No combate à dengue, Alfenas adota peixe que se alimenta das larvas do transmissor

A técnica de controle biológico não é nova e foi adotada desde 1996 pela prefeitura de Alfenas.


 Da Redação


No combate à dengue, a Secretaria de Saúde de Alfenas tem utilizado um peixe que se alimenta de larvas. A técnica de controle biológico não é nova e foi adotada desde 1996 pela prefeitura de Alfenas.
 
O Lebiste Selvagem (Pœcilia reticulata) é a espécie utilizada no combate as larvas do Aedes aegypti. Também conhecido por "Barrigudinho" ou "Guppy", a espécie tem tempo de vida médio de 1 ano e meio e é encontrado em riachos e lagos do Caribe e América do Sul.
 
"O Lebiste, entre os muitos peixes larvófagos existentes, foi o que mais de adaptou a Alfenas. Seu uso, por exemplo, é mais prático e tem menor custo que a aplicação convencional de venenos em córregos, minas d´água. Além do mais, o uso constante do veneno faria com que o mosquito (Aedes aegypti) acabasse ganhando resistência", explicou o coordenador da Vigilância Epidemiológica, o biólogo Volmir Maida, em entrevista ao jornal O Tempo.
 
O peixe pode ser colocado em grandes depósitos de água, piscinas desativadas, espelhos d´água, fontes, lagos artificiais. Com isso, os agentes epidemiológicos apenas fazem o monitoramento, ganhando tempo e eficiência no trabalho.
 
A técnica, no entanto, não se aplica a residências, onde ainda se dá a maior proliferação dos focos da dengue. Segundo a Vigilância Epidemiológica de Alfenas, somente este ano, dos 2.900 casos notificados na cidade, 2.341 foram confirmados. O Aedes aegypti também é transmissor da febre chikungunya e do Zika Vírus, que pode causar a microcefalia - má formação do crânio - aos bebês em gestação. 

O Lebiste Selvagem se alimenta das larvas do mosquito e pode ser colocado em grandes depósitos de água, piscinas desativadas, espelhos d´àgua, fontes, lagos artificiais (Foto: Reprodução/O Tempo)



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.