Postado em segunda-feira, 28 de outubro de 2019 às 13:01

Pouso Alegre, campeão da 2ª divisão, tem a 3ª maior média de público em MG

Equipe só perde para Cruzeiro e Atlético/MG em Minas Gerais e está à frente de equipes como Bragantino, Paraná e Ponte Preta.


Alessandro Emergente

Invicto, o Pouso Alegre Futebol Clube conquistou, no domingo, o título de Campeão Mineiro da 2ª Divisão do Campeonato Mineiro de 2019 ao vencer o Betim por 1 a 0. Mas não é só o título que merece destaque. O clube, que retornou ao futebol profissional no ano passado, tem chamado a atenção também nas arquibancadas. É a terceira maior média de público entre clubes mineiros em 2019, além de aparecer entre as 30 equipes com melhor média de torcedores no Brasil se comparado a um ranking divulgado pelo Globo Esporte.

Na final, diante de Betim, o Pousão, como é chamado pelos torcedores, levou ao Estádio Municipal Irmão Gino Maria Rossi (Manduzão) 9.524 torcedores pagantes. Foi recorde de público da Segundona superando o recorde anterior que também era do Pouso Alegre, que havia levado 7.279 torcedores na partida anterior realizada em casa, quando garantiu o acesso ao Módulo II diante do Atlético de Três Corações. 

A torcida do Pouso Alegre tem a terceira maior média em Minas Gerais (Fotos: Redes sociais/Pouso Alegre.Net e Lucas Moreira/Reprodução)


Com isso, a média de público do Pouso Alegre na 2ª Divisão foi de cerca de 5 mil torcedores por partida. Essa média é a terceira entre as equipes mineiras considerando os times da divisão principal do Estadual, ficando atrás somente de Atlético-MG e Cruzeiro.

De acordo com um ranking, divulgado pelo Globo Esporte, o Bragantino é o 31° do ranking com 4.805 torcedores em média. Na 30ª colocação está o Sampaio Corrêa com uma média de 5.193 torcedores. O Pouso Alegre não aparece na lista porque o ranking considera apenas as partidas do Campeonato Brasileiro. Mas na comparação, o Pouso Alegre supera equipes tradicionais como América-MG (2.153 torcedores em média), Ponte Preta (4.007) e Criciúma (3.462).

O título


Diante da torcida, o Pouso Alegre, que já esteve na elite do Campeonato Mineiro de 1989 a 1992, conquistou seu primeiro título profissional em 106 anos de história. Bastava um empate, mas a equipe venceu por 1 a 0 com gol de Romarinho aos 24 minutos do 2° tempo.

Romarinho, sob olhar do mascote do Pouso Alegre, comemora o gol do título (Fotos: Enéas Chiarini Jr/G1 - Reprodução)


O atacante conquistou a artilharia da Segundona com seis gols ao lado de Jonatas Obina, do Boston City, de Itaúna, equipe eliminada pelo Pouso Alegre nas quartas de final.

A equipe rubro negra conquistou o título de forma invicta. Na primeira fase, de grupos, fez a melhor campanha e conquistou o direito de decidir sempre em casa nas fases eliminatórias. Contra o Betim bastavam dois resultados iguais. Na partida de ida da final, as duas equipes empataram em 0 a 0.



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.