Postado em sábado, 12 de janeiro de 2019 às 15:03

Fogo destrói parte de depósito de supermercado no centro de Pouso Alegre

Chamas começaram por volta das 22h30 de sexta-feira (11). Bombeiros seguiram trabalho de rescaldo neste sábado (12).


Do G1


Parte do depósito de um supermercado da Rede Alvorada ficou destruído após pegar fogo na noite desta sexta-feira (11), no Centro de Pouso Alegre (MG). Segundo o Corpo de Bombeiros, o incêndio na unidade da avenida Vicente Simões começou por volta das 22h30 e só foi controlado por volta das 2h30.

Os bombeiros informaram que o supermercado já estava fechado quando o fogo começou e não havia nenhum funcionário. As chamas foram altas por conta dos materiais guardados no depósito, mas não chegaram a atingir o interior da loja. Imóveis próximos também não foram afetados.

Vários moradores viram a fumaça e registraram o início das chamas. O combate ao fogo pelos bombeiros começou por volta das 23h.

Bombeiros usaram 95 mil litros de água no combate às chamas no supermercado (Foto: Reprodução/Terra do Mandú)


"A primeira equipe nossa se deparou com um incêndio de grande proporção, porém ele se encontrava no forro, entre um piso de estrutura metálica e um telhado de zinco, com bastante material combustível de toda espécie", explicou o tenente Lincoln, dos bombeiros. "As equipes impediram que o incêndio se alastrasse e providenciaram o corte de energia no entorno do supermercado. O incêndio poderia ter se espalhado por todo o supermercado porque tinha muito material combustível no interior".

Foram necessários 95 mil litros de água para conter as chamas. Até o início da tarde, os bombeiros continuavam os trabalhos de rescaldo e combate aos pequenos focos de incêndio, principalmente pelo calor e pelo risco do telhado ceder.

"O grande complicador é o número de materiais que tem no local. Alimentos, plásticos que está tendo uma combustão, que precisa ser revirada para ser extinta. O macarrão seria um dos produtos, quando em alta temperatura derrete e cria uma capa, como se fosse um plástico, criando essa dificuldade pra nós", explicou o sargento dos bombeiros Talles Braga.

A perícia deve comparecer ao local para investigar as causas do incêndio.

Fonte: G1



NOTÍCIAS RELACIONADAS


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.