Postado em sexta-feira, 15 de dezembro de 2017 às 11:11

Serviços e comércio dominam empregos na região

Não se pode negar que o mercado de trabalho é uma preocupação constante para maioria das pessoas, principalmente em momentos de crise. Tendo isto em vista, análises dos dados sobre empregos na microrregião de Alfenas mostram que os setores que mais se destacam na geração de empregos são o de comércio e o de serviços.

Os dados analisados são do ano de 2015 e foram coletados pelo projeto de extensão “A imaginação Sociológica e o Sul de Minas”, composto por estudantes e professores do curso de Ciências Sociais da Unifal-MG. O projeto se dedica ao estudo e análises de aspectos sociais e nesse primeiro momento tem se direcionado ao mercado de trabalho formal na região sul de Minas Gerais, mais especificamente na microrregião de Alfenas.

Tanto no Brasil quanto na microrregião de Alfenas o setor de serviços é o que mais emprega, tendo participação de 36% e 28% das vagas dos respectivos mercados de trabalho. Já o segundo setor com mais postos de trabalho é o comércio, com uma taxa de 20% para o Brasil, 23% para a microrregião e 26% na cidade de Alfenas.

Quando traçamos o caminho contrário, observamos que os setores que menos empregam na microrregião são a extrativa mineral, serviços industriais de utilidade pública e a construção civil. Na cidade de Alfenas, por exemplo, o número que pessoas empregadas nos dois primeiros setores mencionados são tão reduzidos que não chegam a ser considerados percentualmente, conforme pode ser observado no gráfico abaixo.

Número de Empregos Formais Segundo Setor de Atividade Econômica na Microrregião de Alfenas - 2015 (Fonte: RAIS)

 

Como é possível perceber pelo gráfico acima, a microrregião de Alfenas segue a tendência nacional em relação aos números mais elevados nos setores de serviços e comércio. Em contrapartida, se compararmos tais números com os dados referentes ao Brasil, evidencia-se que a microrregião apresenta taxas ainda mais elevadas. Por ser uma localidade menor e afastada dos grandes polos industriais, a microrregião possui a característica de não se destacar nos setores industriais, empregando mais nos já citados setores de comércio e serviços e, mais especificamente no setor agropecuário, âmbito que detém uma vocação histórica na região.

Apesar de os dados se referirem ao ano de 2015, devido ao perfil da microrregião, construído ao longo dos anos, em que a indústria não é tão desenvolvida, é possível afirmar que não se tem alteração quanto à representatividade dos setores, para 2016 e 2017.


As cidades que compõem a microrregião de Alfenas são: Alterosa, Areado, Carmo do Rio Claro, Carvalhópolis, Conceição da Aparecida, Divisa Nova, Fama, Machado, Paraguaçu, Poço Fundo e Serrania.

Texto: Projeto A imaginação sociológica e o Sul de Minas/Unifal

NOTÍCIAS RELACIONADAS


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.