Postado em segunda-feira, 4 de agosto de 2014 às 11:58

Frota de veículos da GM está sucateada e automóveis cedidos pela Justiça serão devolvidos

Apenas um dos 11 veículos cedidos pela Justiça, para serem usados pela Guarda Municipal, está em operação.


 Da Reportagem

Atualmente, apenas um dos 11 veículos cedidos pela Justiça em 2008, para serem usados pela Guarda Municipal de Alfenas, está em operação. A maioria desses automóveis está sucateada e encostada no estacionamento da Secretaria de Defesa Social. Entre esses estão um GM Kadett e um Audi, veículos apreendidos durante a Operação Desmantelamento.  

A única viatura remanescente desse repasse da Justiça, em operação, é uma camionete Hillux. Segundo o Secretário de Defesa Social, Vander Cherri Marcolino, os veículos já estavam sucateados quando ele assumiu o cargo. Diz que esses modelos são inapropriados para o uso da GM devido ao elevado custo de manutenção e alto consumo de combustível.

“Ao assumir o cargo, fiz um ofício à Justiça solicitando a devolução desses bens, pois a nossa política é adquirir veículos mais novos e mais econômicos, que melhor atendam as necessidades da Guarda Municipal”, argumenta Cherri. 

No pátio da Secretaria de Defesa Social, cinco veículos, sem condições de uso, aguardam devolução para a Justiça. Carros foram apreendidos e cedidos ao município em 2008 


Enquanto aguardam a devolução para a Justiça, os veículos têm como fiel depositário o GM Morais, um dos integrantes da corporação. Esses automóveis pertenciam a suspeitos de tráfico de drogas, presos durante a megaoperação Desmantelamento, em 2007. Após apreendidos pela Justiça foram repassados ao município até o julgamento dos processos.

Atualmente, para realizar o patrulhamento, além da Hillux, camionete cedida pela Justiça, a GM também conta com um Fiat Pálio e duas motos – veículos esses que pertencem a própria corporação.

Incêndio criminoso

Para agravar a situação o Pálio, única viatura pertencente a GM, foi alvo de uma tentativa de incêndio criminoso, no bairro Vila Esperança, no dia 10 do mês passado. O suspeito é um menor e o crime aconteceu quando um GM estacionou a viatura na porta de sua residência para jantar, o que é permitido aos membros da corporação. 

Os veículos apreendidos durante a Operação Desmantelamento aguardam devolução à Justiça

Alguns minutos foram suficientes para que o menor infrator tentasse incendiar o veículo. Os bombeiros foram acionados, mas quando chegaram ao local as chamas, que se restringiram ao capô da viatura, já haviam sido controladas pelo próprio Guarda Municipal. Até então o veículo está fora de operação, mas, segundo Vander Cherri, o Pálio deve retornar às ruas para auxiliar no patrulhamento.

Para amenizar a situação, a GM recorre a um outro veículo da Secretaria de Defesa Social. Mesmo assim o número de veículos ainda é insuficiente para os guardas municipais realizarem o patrulhamento na cidade.

Novas viaturas

Vander Cherri informa que “em breve” viaturas novas e mais apropriadas para o serviço vão integrar a frota da GM. Segundo ele, o município conseguiu aprovar um projeto no Ministério da Justiça para aquisição de quatro novas viaturas - são R$ 100 mil garantidos no orçamento da União, provenientes de emenda parlamentar . “Serão carros nacionais, com motor 1.0, que atendem perfeitamente as necessidades da GM e que a manutenção é bem mais barata”, explica. 



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.