Postado em segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Projeto sobre o marolo é um dos 14 finalistas do Prêmio Santander Universidade Solidária

Um projeto de extensão sobre marolo, da Unifal, é um dos 14 finalistas da 16ª edição do Prêmio Santander.


Da Redação

O projeto de extensão “Conscientização para a colheita e comercialização corretas do fruto marolo na região do Sul de Minas”, da Unifal (Universidade Federal de Alfenas), é um dos 14 finalistas da 16ª edição do Prêmio Santander. É um dos projetos que concorre na modalidade “Universidade Solidária – Edição 2013”, selecionado entre 300 inscritos.

Oito projetos serão contemplados na categoria, que nesta edição destaca o tema “Desenvolvimento sustentável com ênfase em geração de renda”.

Coordenado pela professora Maria de Fátima SantAnna, pró-reitora de extensão da Unifal, o projeto foi avaliado por uma equipe gestora do Prêmio, em visita técnica à Universidade, realizada no último dia 29.

De acordo com Maria de Fátima, na visita foram feitas reuniões com professores e alunos envolvidos no projeto e também com os integrantes da Associação Terra do Marolo de Paraguaçu. 

Contibuição com a comunidade

“Este projeto coroa o que tanto ressaltamos sobre o que é a extensão, já que permite vivenciar a indissociabilidade no ambiente universitário e, ainda, contribuir com a comunidade da nossa região, promovendo educação e conscientização ambiental”, afirma a coordenadora do projeto.

Sendo premiado, o projeto receberá R$ 100 mil para execução. A divulgação dos vencedores será no dia 19 deste mês. O prêmio busca contribuir com a formação cidadã do futuro profissional e para a inclusão social e econômica das comunidades, a partir do conhecimento gerado na troca entre a pesquisa, o ensino e o saber popular.



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.