Postado em quarta-feira, 11 de setembro de 2019 às 20:08
Atualizada em sábado, 14 de setembro de 2019 às 09:14

Acidente envolvendo caminhões com botijões gás e com combustível provoca 4 mortes

O acidente foi na BR-491 num trecho próximo a Fama; houve explosões com o impacto.


Da Redação

Chegou a quatro o número de mortos provocado por um grave acidente na BR 491, entre Alfenas e Paraguaçu, na tarde desta quarta-feira (11). Uma das vítimas, levada para o Hospital Bom Pastor, em Varginha, não resisitiu e faleceu durante a madrugada desta quinta-feira.

Entre as vítimas está Pedro Augusto Ferreira, 22 anos, morador de Alfenas. Ele era estudante de Direito e atuava como estagiário em Paraguaçu. O rapaz dirigia um Celta, que seguia para Alfenas. O veículo estava atrás de um caminhão que transportava botijões de gás e bateu em um caminhão, que transportava combustível, e seguia na direção contrária.


Pedro Augusto, que aparece com a noiva na foto, e Renato Ferreira morreram carbonizados (Fotos: Rerprodução/Redes sociais)


O motorista do caminhão que transportava botijão de gás também morava em Alfenas e morreu no local do acidente. É Renato Henrique Ferreira, 34 anos. Ele deixa duas filhas, uma de 11 anos e outra de três meses.

A perícia ainda analisa os detalhes para saber como foi o acidente. A colisão foi por volta das 15h30, mas o trecho só foi liberado no início da noite.

Três veículos se envolveram em acidente (Foto: Reprodução EPTV)


Nove bombeiros, uma viatura de salvamento terrestre, um helicóptero e um caminhão de combate a incêndio foram acionados para a ocorrência. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também atuou no salvamento.

Imagens aéreas mostram o caminhão em chamas (Foto: Corpo de Bombeiros/Reprodução)


No veículo Celta haviam mais duas pessoas. Uma delas, Maria Luiza Campos, foi levada para o Hospital Alzira Velano, em Alfenas. Segundo informações divulgadas pelo G1, ela quebrou a perna e alguns dedos, mas teve alta médica na manhã desta quinta-feira.

Em Tempo

Os corpos das duas vítimas, que eram moradores de Alfenas, só foram retirados na manhã de sexta-feira. Ainda havia risco de novas explosões no local, o que impossibilitou o trabalho dos bombeiros. Na quinta-feira, eles conseguiram retirar o corpo de outra vítima, Rodrigo da Silva Soares, 40 anos. O homem estava como passageiro no caminhão que transportava etanol.



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.