Postado em segunda-feira, 29 de abril de 2019 às 19:07

Teatro Municipal de Pouso Alegre passa por reformas após mais de dois anos fechado

Obras começaram após grupos artísticos da cidade reclamarem do fechamento do prédio, que foi inaugurado em 1875.


O Teatro Municipal de Pouso Alegre (MG) está passando por reformas após mais de dois anos fechado. As obras começaram após grupos artísticos da cidade reclamarem do fechamento do prédio, que foi inaugurado em 1875.

Ao longo de todos esses anos, o teatro passou por muitas reformas. A última delas foi em dezembro de 2016, onde o orçamento gasto foi de mais de R$ 900 mil. E apenas um mês depois, o teatro fechou as portas de novo e nunca mais abriu.

“Ele é o quinto mais antigo do Brasil, então o teatro tem muita história para contar, é muita coisa. Então isso não pode ser rompido”, afirma o diretor teatral Marcelo Nascimento.

Recentemente, o estado do piso do palco preocupou a prefeitura. As madeiras molharam e estão empenadas. A cortina que usa um motor elétrico também já não funciona mais.

“A parte elétrica, eles fizeram emendas. Não pode, não pode. Vai ser vestido o carpete, que não tem qualidade. Os lustres antigos, que eles retiraram e colocaram lustres sem qualidade. Mas o foco maior é palco, que é centro do teatro”, afirma a superintendente municipal de cultura, Regina Maria Franco Andere de Brito.

O prédio foi inaugurado em 1875 (Foto: Reprodução/EPTV)


A prefeitura diz que obras recentes terão que ser refeitas. A cabine de controle do som e da iluminação, por exemplo, foi inutilizada em uma destas reformas e deve ser refeita. A obra, que já começou, está orçada em mais de R$ 520 mil. Por enquanto, os trabalhos são internos, mas o lado de fora já está com tapumes e a fachada irá receber pintura nova.

Sem o teatro, produtores culturais acabam utilizando espaços particulares, muitas vezes menores ou até mesmo improvisados.

A prefeitura estima que a obra termine em novembro. A esperança é que o teatro não viva só de história e volte, em breve, a receber as atrações.

“Esse teatro faz muita falta para a cultura brasileira, porque não são só artistas regionais que se apresentam nesse palco e, sim, de vários lugares do Brasil”, afirma Nascimento.

FONTE: G1



NOTÍCIAS RELACIONADAS


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.