Postado em sábado, 28 de novembro de 2020 às 01:01

Prefeitura de Alfenas decreta luto oficial por 3 dias

O luto é em decorrência de duas servidoras municipais e um músico, que também atuou como servidor público.


Da Redação

A Prefeitura de Alfenas decretou luto oficial devido a morte de duas servidoras públicas municipais e um músico, que também atuou como servidor público. O documento foi assinado pelo prefeito Luiz Antônio da Silva (Luizinho/PT) na sexta-feira, dia 27. (Clique aqui)

As servidoras Stela Rogatti de Oliveira Caetano e Elisângela Ferreira de Andrade Pereira faleceram na sexta-feira, enquanto o músico Julimar dos Santos Lima (conhecido como Simidão Bahia) morreu um dia antes, na quinta-feira.

Stela atuava na área educacional, estando há 14 anos como supervisora da Escola Municipal Maria Conceição Carvalho (Dona Zinica) e Elisângela no setor de recursos humanos da Prefeitura de Alfenas, com 24 anos de atuação. Já Simidão atuou no programa Cidade Escola como integrador social.

Vítimas da covid19

Simidão Bahia e Stela Rogatti estavam internados no Hospital Santa Casa devido a covid-19 e foram vítimas de complicações da doença. O número de mortes em decorrência da pandemia chegou a 60 em Alfenas. No último dia 19, ele chegou a postar, no Facebook, uma mensagem de apoio a Stela, que já estava internada. “Força minha amiga querida”, dizia a postagem.

Vítima da covid-19, Simidão chegou a postar uma mensagem de apoio a Stela, mas foi internado faleceu um dia antes da amiga (Fotos: Reprodução/Facebook)


"Tomara que toda pessoa que vier a ler este post cole em sua página. É uma corrente mundial de oração, alguns minutos pela saúde dos doentes e ao fim da pandemia no mundo. Assim seja!", postou.

Porém, Simidão acabou tendo complicações em virtude da covid-19 e morreu um dia antes que a amiga. Ele tinha 45 anos e ela 61 anos. Já a morte de Elisângela não está relacionada a covid-19.

Notas emitidas pela Prefeitura de Alfenas sobre as servidoras (Imagem: Reprodução)


Simidão Bahia era músico percussionista profissional desde 1990 e foi professor de música em programas sociais da Prefeitura de Alfenas. Natural de Itabuna (Bahia), ele morava em Alfenas desde 1999. No Sul de Minas, ele tocou junto com grupos musicais como as bandas Aperê, Zullubaba, CracaJham, Kebrakeixo, MicaJham, Fuzuê, Só Zoeira, Jamaica e diversos outros artistas da região.



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

     
     
     
     

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Ok, eu aceito