Postado em terça-feira, 27 de outubro de 2020 às 18:06

Serpram e Hospital Imesa são adquiridos por empresa sediada em São Paulo

Aquisição do Grupo Serpram, que controla o Hospital Imesa, foi feita pela NotreDame Intermédica.


Alessandro Emergente

A empresa de saúde NotreDame Intermédica anunciou a compra do Grupo Serpram por R$ 170 milhões. Entre as operações do grupo mineiro está o Hospital Imesa, em Alfenas, que passa a ser controlado pela empresa paulista, com 97% das ações.

No ano passado, o Grupo Serpram teve receita líquida de R$ 108,4 milhões. A carteira de beneficiários de saúde do grupo chega a 47 mil, sendo 96% do setor corporativo, além de 10 mil beneficiários odontológicos e dois hospitais.

Um desses hospitais é o Imesa e o outro é o Hospital de Varginha. As duas unidades somam 74 leitos, sendo 21 UTIs (Unidades de Terapia Intensiva). Com a transação, a NotreDame Intermédica terá o controle acionário dos dois hospitais: 97% do Hospital Imesa e 85% do Hospital de Varginha. Além de operações em Alfenas e Varginha, o Serpram também atua em Pouso Alegre e Extrema.

A compra do Grupo Serpram foi a segunda aquisição anunciada pela NotreDame Intermédica em menos de 24 horas. A companhia também informou a compra do Hospital Santa Brígida em Curitiba, no Paraná. As duas aquisições foram anunciadas na última segunda-feira (26) e noticiadas pela Reuters.

Grupo Notre Dame Intermédica


Fundado em 1968 e sediado em São Paulo (SP), o Grupo NotreDame Intermédica opera planos de saúde e planos odontológicos e, desde 2014, o controle acionário é do grupo norte-americano Bain Capital.

Os serviços são ofertados em unidades da própria rede e de redes credenciadas de centros clínicos, hospitais, prontos-socorros e maternidades, além de clínicas odontológicas. No site da NotreDame Intermédica é informado que o grupo empresarial tem mais de 14 mil colaboradores e mais de 4,6 milhões de beneficiários. No entanto, nesses números não estão incluídas as novas aquisições.

Com um modelo de negócios verticalizado - com foco em sua rede própria de atendimento e hospitais -, o grupo NotreDame Intermédica tem investido na expansão via aquisições. No ano passado, a companhia adquiriu o grupo Clinipam por R$ 2,6 bilhões, em um movimento de entrada na região Sul do Brasil.



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.

     
     
     
     

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Ok, eu aceito