Postado em quinta-feira, 25 de junho de 2020 às 05:22

SAÚDE MENTAL DURANTE A COVID-19: DICAS DE COMO LIDAR COM AS EMOÇÕES

As incertezas em relação ao futuro e a privação do convívio social durante a pandemia podem exacerbar o medo, o stress e a solidão. Aprenda a fazer uma pausa e olhar para dentro!


 Como você classificaria a sua saúde mental durante a Covid-19? Que tal fazer uma pausa para se observar? É a hora de exercitar o autoconhecimento para reconhecer, acolher e lidar com algumas emoções que são inevitáveis, mas também cruciais para atravessar momentos de crise.

“Essas emoções negativas que estamos vivendo são básicas, universais, importantes para a sobrevivência e nos ajudam a evoluir”, afirma Patricia Tobo, gerente científica de bem-estar da Natura.

Como você classificaria a sua saúde mental durante a Covid-19? Que tal fazer uma pausa para se observar? É a hora de exercitar o autoconhecimento para reconhecer, acolher e lidar com algumas emoções que são inevitáveis, mas também cruciais para atravessar momentos de crise.


“Essas emoções negativas que estamos vivendo são básicas, universais, importantes para a sobrevivência e nos ajudam a evoluir”, afirma Patricia Tobo, gerente científica de bem-estar da Natura.


A especialista reforça ainda que a intensidade desse conjunto de emoções e sentimentos pode variar de pessoa para pessoa, de acordo com a situação em que ela está inserida.

E mesmo estando em casa, algumas mudanças simples de hábitos podem fazer toda diferença para encarar essa montanha russa emocional com mais leveza e menos cobrança.

“É comum sentir medo, ansiedade, stress, solidão, tristeza e ver o sono mudar. O medo, por exemplo, é bem-vindo inicialmente para nos ajudar a enfrentar uma situação ameaçadora. O que precisamos é reconhecer essas emoções e sentimentos, aceitar e colocar em prática rituais de autocuidado que nos ajudem a lidar com eles. Precisamos agir para nos adaptarmos à crise.”


Como você classificaria a sua saúde mental durante a Covid-19? Que tal fazer uma pausa para se observar? É a hora de exercitar o autoconhecimento para reconhecer, acolher e lidar com algumas emoções que são inevitáveis, mas também cruciais para atravessar momentos de crise.


“Essas emoções negativas que estamos vivendo são básicas, universais, importantes para a sobrevivência e nos ajudam a evoluir”, afirma Patricia Tobo, gerente científica de bem-estar da Natura.

PUBLICIDADE


A especialista reforça ainda que a intensidade desse conjunto de emoções e sentimentos pode variar de pessoa para pessoa, de acordo com a situação em que ela está inserida.

E mesmo estando em casa, algumas mudanças simples de hábitos podem fazer toda diferença para encarar essa montanha russa emocional com mais leveza e menos cobrança.

“É comum sentir medo, ansiedade, stress, solidão, tristeza e ver o sono mudar. O medo, por exemplo, é bem-vindo inicialmente para nos ajudar a enfrentar uma situação ameaçadora. O que precisamos é reconhecer essas emoções e sentimentos, aceitar e colocar em prática rituais de autocuidado que nos ajudem a lidar com eles. Precisamos agir para nos adaptarmos à crise.”


Como lidar com o medo
O medo é uma emoção negativa, mas muito poderosa, que nos coloca em estado de alerta diante de situações de ameaça e emergência. E o cenário de pandemia naturalmente provoca o medo do invisível. Senti-lo, segundo Patricia, é normal, mas em excesso pode prejudicar a saúde mental. O que precisa ser evitado é que seu excesso prejudique a saúde mental durante a Covid-19.

Que tal fazer uma pausa e procurar novas formas de se distrair? Escrever, desenhar, pintar, fazer artesanato, cozinhar e cantar são algumas atividades recomendadas para aliviar o medo e a ansiedade.

A automassagem também é uma ótima ferramenta de alívio. A acupressão é uma técnica baseada na Medicina Chinesa que estimula pontos específicos do corpo por meio da pressão dos dedos e auxilia no alívio de sintomas de medo e ansiedade. Foque na região interna do braço – três dedos acima do pulso – e entre as sobrancelhas.

Como lidar com o stress
O stress é outra reação normal do organismo diante de situações de perigo ou ameaça. Os sinais mais comuns de que o corpo está estressado são: sensação constante de desgaste, alterações de humor, tensão muscular, formigamento, mudança de apetite problemas de pele, déficit de atenção e memória, hipertensão, ansiedade e depressão.

Aqui, também vale fazer o uso da respiração quando precisar de uma dose de autoconfiança. Sente-se confortavelmente em uma postura ereta. Feche os olhos ou fixe o olhar em algum ponto. Inspire pelas narinas de forma lenta e profunda, mentalizando sentimentos de autoconfiança e segurança. Depois, expire jogando para fora a angústia e solidão presente em sua mente. Perceba como é bom estar na sua companhia. Repita quantas vezes achar necessário.

Meditação ajuda na saúde mental durante a Covid-19
Para todas as situações anteriores, tirar um tempo para meditar é extremamente benéfico. E existe uma prática especial para tocar em cada emoção. O aplicativo Meditação Natura (disponível gratuitamente nos sistemas Android e iOS) pode ajudar você a embarcar nessa jornada de autoconhecimento. Procure pelas práticas guiadas, como “Olhando com curiosidade para seus medos, “Durma bem” e “Reconhecendo a alegria”.

“Estamos vivendo o presente mais do que nunca. Portanto, mesmo diante do caos, reorganize as demandas familiares e profissionais, abra espaço para o lazer e viva um dia de cada vez. Isso é fundamental para nos trazer para o centro e para alcançar o equilíbrio”, diz Patricia.

E lembre-se de tomar consciência de que as emoções negativas existem e são parte do seu aprendizado, mas vão passar!

Para aliviar esses sintomas, vale recorrer a algumas práticas, como se programar. Faça uma lista de tarefas em ordem de prioridade e não subestime o tempo que cada uma delas leva para ficar pronta. Separe tudo em pequenas etapas e foque em completar uma por vez, no seu tempo.

Que tal também reservar um momento para se dedicar ao autocuidado? Assista àquele filme que tanto gosta, tire um tempo para se conectar com o seu corpo, divirta-se cozinhando e faça uma automassagem durante o banho.

A respiração também é uma ótima aliada do bem-estar. Sente-se confortavelmente em um lugar tranquilo, deixe a respiração fluir bem profundamente, tentando sempre inspirar pelo nariz e expirar pela boca. Inspire contando até cinco e expire no mesmo tempo, imaginando o stress saindo junto com o ar pelas suas narinas. Faça isso de três a cinco minutos para afastar os sintomas.

Como lidar com a solidão
Solidão é a experiência negativa de estar só, caracterizada pelo sentimento de vazio e tristeza. Por isso, em tempos de Covid-19, o apoio de amigos e da família, ainda que virtualmente, é fundamental para afastar esse sentimento. Saiba, porém, que estar sozinho é diferente de se sentir sozinho. A solidão está relacionada com a percepção das relações. É possível estar isolado, mas não solitário; ou solitário, mas não isolado. Não deixe que esse sentimento abale sua saúde mental durante a Covid-19.



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.