Postado em quarta-feira, 8 de abril de 2020 às 16:19

‘Vamos precisar de um Estado com maior poder de intervenção, gostemos ou não’

Cientista político Carlos Melo participou do webinar inaugural do JOTA em parceria com o Insper.


“No longo prazo estaremos todos vivos. Isso se superarmos o curto prazo”. A frase para descrever o momento é do cientista político Carlos Melo, professor do Insper, e faz referência ao pensador econômico John Maynard Keynes. No livro, “Teoria Geral do Emprego, dos Juros e da Moeda”, principal obra do economista, de 1935, ele escreveu “no longo prazo todos estaremos mortos”.

Apesar de ter alterado a frase de Keynes, a avaliação de Carlos Melo é de que, para superar a crise, será necessário seguir as recomendações do economista do século XX. “O mundo foi para a UTI e o respirador vai se chamar keynesianismo”, disse Melo durante webinar inaugural do JOTA em parceria com o Insper que foi transmitido na manhã dessa quarta-feira (8/4).

[LEIA A REPORTAGEM COMPLETA NO SITE JOTA]



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.