Postado em terça-feira, 4 de junho de 2019 às 15:03

Alfenas perde em Lavras e dependerá de combinação de resultados para seguir na Taça EPTV

Equipe receberá São Sebastião do Rio Verde na 5ª feira e só a vitória interessa.


 Alessandro Emergente

A derrota, por 3 a 1, diante de Lavras complicou a situação da seleção de Alfenas na Taça EPTV de Futsal. A equipe foi a Lavras na noite de segunda-feira e acabou sendo derrotada pelo seu principal adversário nesta segunda fase da competição.

Na próxima quinta-feira, às 21h15 no Ginásio Tancredo Neves, Alfenas recebe São Sebastião do Rio Verde com a obrigação de vencer. Mesmo com a vitória ainda terá que torcer para Lavras “tropeçar” diante de São Sebastião do Rio Verde na próxima segunda-feira. Isso porque somente uma equipe de cada grupo segue na competição.

As três equipes fazem parte do Grupo 17 e somente a primeira colocada se classifica para a fase seguinte. São 10 grupos com 30 times na 2ª fase da Taça EPTV.  

O técnico Luciano Assumpção (Arara) lamentou a derrota e disse que a equipe perdeu inúmeras oportunidades de gols. Só nos primeiros quatro minutos de partida o treinador disse que Alfenas poderia ter marcado três vezes não fosse o mau aproveitamento e a boa atuação do goleiro adversário.

Em um contra-ataque, Lavras abriu o placar, mas Alfenas continuou atacando e, após tempo pedido por Arara, a equipe conseguiu chegar ao empate com Rogério Cebolinha.

2° tempo

No segundo tempo, com 2 minutos, quase a virada com um chute de Vitão na trave. Mas, para azar dos alfenenses, Lavras aproveitou novamente o contra-ataque e, na sequência, marcou: 2 a 1.

Alfenas partiu para empatar arriscando com o “goleiro linha”. Segundo Arara, foram muitas bolas na trave e, em uma delas, Fufi acertou as duas traves, mas a bola não entrou. Com o jogo aberto de Alfenas, correndo riscos, Lavras conseguiu chegar ao terceiro gol.

Além do mau aproveitamento nas finalizações, Arara disse que os atletas de São Paulo, que formam a base do time principal, chegaram atrasados porque a van vinda da capital paulista teve problemas no câmbio durante a viagem.

Além disso, o pivô Marcus Vinicius Prates (Cafede) não pode atuar após uma suspensão de quatro partidas. O preparador físico Luciano Fernando de Souza (Babalu) foi suspenso por dois jogos. Já Tiago Gaspar (que revezaria com Vitão na partida) não pode entrar em quadra porque esqueceu o documento de identidade, segundo o treinador.



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.