Postado em quarta-feira, 14 de novembro de 2018 às 14:02

Campeões, Victor Corrêa e Maicol Souza querem outro bom resultado

O piloto de Alfenas e o navegador de Itajaí conquistaram título por antecipação faltando duas etapas.


Da Redação

Única prova de rali em asfalto do Brasil, o tradicional Rally da Graciosa encerra o Campeonato Brasileiro de Rali de Velocidade no sábado (17), que será concentrado no município de Quatro Barras, no alto da Serra da Graciosa. Campeões antecipados na categoria RC5, a dupla formada pelo piloto Victor Corrêa, patrocinado pela Unifenas (Universidade José do Rosário Velano), e o navegador catarinense Maicol Souza vai para o Paraná em busca de outro bom resultado.

“O fato de já termos conquistado o campeonato não tira a importância deste tradicional rali para a gente, visto que é a única prova em asfalto do ano. Vamos pra Quatro Barras mantendo o mesmo objetivo do início da temporada, de regularidade, para terminarmos a competição numa boa colocação”, planeja o piloto de Alfenas.

No ano passado Victor Corrêa participou pela primeira vez do Rally da Graciosa correndo com outro navegador. E Maicol Souza correu também pela primeira vez, fazendo parceria com outro piloto. Ambos abandonaram a prova no começo por causa de acidentes. Quem sabe agora em dupla, não repetem o mesmo sucesso que no decorrer desta temporada vencedora.

“Como a gente vai já com o título garantido, sem aquela responsabilidade, então creio que seremos competitivos, com o pensamento de vencer e ao mesmo tempo se divertir”, acredita o catarinense.

Victor Corrêa e Maicol Souza já venceram prova com muita poeira (Foto: Edson Castro/Divulgação)


Serão 277,60 km percorridos em apenas um dia pela Estrada velha da Graciosa, com 124 km cronometrados em piso totalmente pavimentado, de asfalto e paralelepípedo, e 153,60 km de deslocamentos entre as oito Especiais.

“É sempre excitante correr no asfalto, pois é uma exceção no rali brasileiro, então estamos muito animados, vamos pra cima, como nas outras provas”, diz Victor, que depois de títulos com Kart, Fórmulas e Protótipos no Brasil e na Europa, teve oportunidade com a equipe RTOne de mostrar o seu talento também nas disputas em terra e lama. “O fato do Victor ter feito uma bela carreira nacional e internacional correndo em pistas asfaltadas e usando pneus slick é um ponto altamente positivo. Só lembrando que os outros concorrentes têm muita experiência também”, completou Maicol.

Em oito provas até agora realizadas pelo Brasileiro de Rali de Velocidade, Corrêa/Souza acumularam sete pódios, com uma quarta posição, dois terceiros e quatro vitórias em oito etapas disputadas. “O ano não poderia ser melhor. Fizemos um trabalho regular durante a temporada e colhemos bons resultados. Vamos fechar o campeonato com chave de ouro”, comemora o piloto da Unifenas.

Pontuação (sem descartes) da categoria RC5 no Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade após a oitava etapa: 1) Victor Corrêa/Maicol Souza, 57; 2) Luiz Gustavo Loepper/Bruno Baptista da Luz, 52; 3) Evandro Carbonera/Juliano Gracioli, 29; 4) Rafael Pombo/Wagner Pontes, 27; 5) Edu Paula/Bruno Scarpelli, 26; 6) Júlio Henrique Cartaxo/Gerson Lange, 13.



NOTÍCIAS RELACIONADAS


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.