Postado em quarta-feira, 1 de novembro de 2017 às 20:08

Secretária executiva de Meio Ambiente é exonerada

Alessandro Emergente

A secretária executiva de Meio Ambiente de Alfenas, Kátia Alvarez Rodrigues, foi exonerada na tarde desta quarta-feira. A decisão foi comunicada oficialmente no início da noite pelo governo em nota à imprensa e divulgada na página oficial da Prefeitura de Alfenas.

A decisão do governo ocorre um dia após a Polícia Civil cumprir um mandado de busca e apreensão na casa da então secretária e outro na sede da Secretaria de Meio Ambiente e Limpeza Pública. Ela foi conduzida até a 2ª Delegacia Regional da Polícia Civil (2ª DRPC) no final da manhã de terça-feira e teve que pagar fiança de R$ 3 mil após prestar depoimento.


A secretária é suspeita de desviar combustível do Município, além de ser investigada no inquérito sobre a morte de um jacaré do Zoológico de Alfenas. Na casa dela foi encontrada uma barra de ferro com ponta, que a Polícia investiga se foi usado na morte do animal.

Kátia Alvarez Rodrigues foi exonerada na tarde de quarta-feira (Foto: Facebook/Reprodução)


Um dia antes da casa de Kátia ser alvo de mandado de busca e apreensão, a coordenadora do Velório Municipal, Vera Cândido, registrou um boletim de ocorrência em que a ex-secretária aparece como suspeita de tê-la agredido. A coordenadora foi empurrada, caiu e chegou a desmaiar após uma discussão com Kátia. Uma testemunha afirmou que a então secretária empurrou Vera, o que Kátia negou em entrevista ao Alfenas Hoje

A decisão do prefeito Luiz Antônio da Silva (Luizinho/PT) foi após uma reunião no gabinete da Prefeitura de Alfenas. Na nota, o governo afirma que Kátia atuou com “presteza e competência” as atividades à frente do cargo. “Assim, a administração municipal agradece à senhora Kátia Regina Alvarez Rodrigues pelos serviços prestados a esta municipalidade”, diz a nota.

Trajetória no governo

Kátia foi nomeada secretária executiva de Meio Ambiente no início do governo. Sua passagem pela gestão foi conturbada e repleta de polêmicas. Alguns vereadores chegaram a pedir a sua exoneração em plenário, mas recuaram e passaram a tecer elogios à secretária nos últimos meses.

Ocupando cargo de segundo escalão, Kátia se mostrou resistente aos secretários titulares da Pasta de Meio Ambiente. O primeiro a ocupar o cargo foi Vagner Morais (Guinho), hoje na Câmara Municipal em seu quarto mandato, que deixou a função logo no início da administração.

Outro nome que deixou o comando da Secretaria de Meio Ambiente foi Waldecyr Pereira, que chegou a recorrer à Justiça contra a subordinada. Atualmente, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Limpeza Pública é comandada por Ivair Moraes, irmão de Guinho.








   
COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.


 

31 Comentários

Comentar essa Notícia
 
Carregar mais comentários
   
Termos e Condições para postagens de Comentários
Comentar essa Notícia










Alfenas Hoje - Jornalismo com responsabilidade
Copyright © 2007 - 2017 - Todos os direitos reservados

Adapt Soluções e Treinamentos