Postado em domingo, 19 de janeiro de 2014 às 13:54
Atualizada em domingo, 19 de janeiro de 2014 às 21:21

Motociclista morre no hospital após acidente; motorista estava embriagado

Um motociclista morreu após um acidente no sábado. A moto bateu na lateral de um carro.


Alessandro Emergente

Um motociclista de 19 anos morreu após um acidente na tarde de sábado. A moto, conduzida por ele, bateu na lateral de um Fiat Prêmio na rua Benjamin Constant (Vila Esperança) e, com o impacto, a motocicleta foi parar do outro lado da rua e o corpo do motociclista arremessado ao chão.

Gleison Henrique da Costa, 19 anos, estava em uma Honda CB 300 e, segundo versão do motorista Rosiney Aparecido Esteves, 31 anos, o jovem tentou fazer uma ultrapassagem. O motociclista chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado ao Hospital Universitário Alzira Velano (HUAV), mas não resistiu e morreu ao dar entrada no hospital.

Nem o motociclista e nem o motorista possuíam carteira nacional de habilitação (CNH). Segundo a PM (Polícia Militar), o motorista do veículo estava com fortes sintomas de ter ingerido bebida alcoólica e, ao ser submetido ao teste do etilômetro (bafômetro) foi constatado 0.79 mg/l (miligramas por litro), bem acima do permitido. 

O acidente foi na tarde de sábado e o motociclista morreu após dar
entrada no hospital (Foto: Corpo de Bombeiros) 

No ano passado, uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito tornou mais rígidos os índices máximos de álcool para motorista que for flagrado dirigindo após beber. No caso do teste do bafômetro, o limite para que o condutor não seja multado passou de 0,1 miligramas de álcool por litro de ar para 0,05 mg. 

O acidente envolveu uma Honda CB 300 e um Fiat Prêmio (Fotos: Corpo de Bombeiros)

Esteves foi preso e levado à Depol (Delegacia de Polícia). Na versão apresentada pelo motorista aos policiais, ele conduzia seu veículo, pela rua Benjamin Constant no sentido centro, e deu seta para fazer conversão à esquerda. Quando fazia a conversão, viu a moto tentando ultrapassá-lo, mas não consegui parar seu veículo a tempo.

A moto bateu na lateral do veículo e, com o impacto, a motocicleta foi parar na via de sentido contrário e motociclista foi lançado ao solo. O jovem teve ferimentos na cabeça. 

Gleison Henrique da Costa tinha apenas 19 anos e morreu
logo após o acidente (Foto: Reprodução/Facebook)

O automóvel estava com o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) do exercício 2012 e foi apreendido pela PM e encaminhado ao pátio credenciado do Detran/MG (Departamento Nacional de Trânsito de Minas Gerais), assim como a moto.

Gleison Costa foi sepultado, no final da tarde deste domingo, no Terceiro Cemitério em Alfenas.



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.