Postado em sábado, 16 de maio de 2020 às 13:01

Estudo aponta Alfenas entre as cidades preparadas para enfrentar a pandemia

A cidade faz parte de um grupo de 29% dos municípios mineiros com estrutura considerada satisfatória.


Da Redação

Um estudo feito pela consultoria Aquiles, publicado pelo jornal Estado de Minas, coloca Alfenas entre as cidades preparadas para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2). Alfenas faz parte de uma lista com 248 municípios, o que representa 29% das cidades mineiras.

O estudo se baseia em indicadores sociais, econômicos e de saúde de todos os municípios brasileiros. O objetivo do levantamento foi identificar quais cidades potencialmente sofrerão mais com a pandemia caso não haja interferência do poder público. Entre as medidas estão o estabelecimento de medidas rígidas de isolamento social e investimentos no sistema de saúde.

Das 853 cidades de Minas Gerais, 230 (cerca de 27%) estão em situação crítica para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. Os pesquisadores levaram em consideração dados do governo federal sobre o sistema de saúde (quantidade de leitos e profissionais de saúde por morador) e as condições econômicas tanto da administração municipal quanto dos habitantes.

Para saber sobre a situação de cada município o Estado de Minas disponibilizou, no link da reportagem publicada no último dia 28, um sistema de busca informando a situação de cada cidade. 

Investimento

No caso de Alfenas, apesar da estrutura prévia, que considera a rede hospitalar, por exemplo, a Prefeitura calcula um investimento em torno de R$ 10 milhões com medidas que vão desde a prevenção até a retomada do desenvolvimento econômico. Um balanço das ações foi apresentado à imprensa na última semana.

Uma das ações é a recuperação de aparelhos para montagem de 10 UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) com respiradores no Hospital Santa Casa (HSC). Essa estrutura se soma as 27 UTIs que já estavam montados nos três hospitais da cidade, um deles da rede particular – o Imesa.

De acordo com o prefeito de Alfenas, Luiz Antônio da Silva (Luizinho/PT), foram gastos cerca de R$ 250 mil na recuperação dos equipamentos, além da contratação de uma equipe de profissionais para atender as novas UTIs.

A contratação de brigadistas para atuarem nas barreiras sanitárias e de 30 profissionais para auxílio nas filas no centro da cidade (principalmente no lado externo das agências bancárias), instalação de tendas de apoio aos usuários de bancos e distribuição de máscaras para a população também fazem parte do plano de investimentos para enfrentamento da pandemia.



NOTÍCIAS RELACIONADAS


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.