Postado em terça-feira, 17 de março de 2020 às 19:07

Victor Corrêa abandona na estreia do Brasileiro Rally Velocidade

Peugeot 206 da equipe Unifenas/RT One Rally teve o motor avariado logo no começo do Rally de Pomerode.


Da Redação

Nem de longe a dupla formada pelo mineiro Victor Corrêa e o catarinense Maicol Souza esperava a estreia que tiveram na abertura do Campeonato Brasileiro de Rally de Velocidade. O Rally de Pomerode, realizado no último sábado (14) em Santa Catarina durou apenas meia hora para o Peugeot da equipe Unifenas/RT One Rally.

“Situação muito chata, mas o esporte a motor é assim. Tivemos a junta do cabeçote queimada ainda na primeira Especial e fomos obrigados a abandonar”, comentou o piloto de Alfenas.

Voltando ao rali um ano após conquistar o título de campeão brasileiro na categoria RC5 ao lado de Victor Corrêa, o navegador também se mostrou bastante frustrado. “É uma pena. Depois da preparação e expectativa foi uma ducha de água fria. Agora precisamos nos levantar para entrar na próxima etapa com foco total na vitória”, planeja Maicol Souza.

A vitória na categoria RC5 no Rally de Pomerode ficou com Perci Hultmann/Juliano Zerbinato, que completaram as sete Especiais em 2h04min46s7. A segunda etapa do Brasileiro de Rally será o tradicional Rally de Estação, no Rio Grande do Sul, no dia 18 de abril.



NOTÍCIAS RELACIONADAS


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.