Postado em quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020 às 14:02

Câmbio automatizado foi um completo fracasso: por que?

O câmbio automatizado teve várias denominações entre as marcas, mas nunca vingou e hoje está presente em apenas um carro no Brasil.


Por Boris Feldman

Está chegando ao final a fracassada tentativa das fábricas de implantar o câmbio automatizado. Porque ele funcionava aparentemente como um automático de verdade, sem pedal da embreagem, sem necessidade da alavanca para passar as marchas.

Era um câmbio manual com um sistema computadorizado que passava as marchas sem interferência do motorista. Foi chamado de Dualogic (e GSR) na Fiat, EasyTronic na GM, iMotion na Volkswagen, Easy’R na Renault. E foi um fracasso principalmente porque ele cambiava as marchas meio que aos soluços e aos trancos.

E foi desaparecendo até que ficou apenas em três modelos da Fiat, mas acaba de ser eliminado em dois deles: o Argo e o Mobi. E hoje ele ainda equipa somente o Cronos 1.3.

* Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Alfenas Hoje


Fonte: Auto Papo



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.