Postado em segunda-feira, 30 de dezembro de 2019 às 12:50

Testamos procedimentos que prometem "malhar" músculo da face


Academia para malhar os músculos a gente já sabe como funciona, mas e malhar os músculos faciais? Foi recém-inaugurada em São Paulo a primeira academia voltada para o treino dos músculos faciais. O procedimento vive uma febre fora do Brasil e promete o rosto revitalizado e com menos marcas de expressão a cada treino com procedimentos não invasivos.

"A maioria das pessoas sabe que, com o passar dos anos, o colágeno vai sendo degradado, gerando o surgimento de flacidez e rugas. Porém, quase ninguém se atenta ao fato de que os músculos faciais também envelhecerem e, se quisermos ter um rosto jovem e saudável, precisamos exercitar a musculatura facial", afirma o dermatologista Alberto Cordeiro, que trouxe o conceito para o Brasil.

A novidade é que o treinamento não é feito por meio de "mímicas faciais" mas de maneira passiva, com manobras e aparelho de eletroestimulação. Ou seja, é malhação, mas a força não vem exatamente de você.

"Os resultados são imediatos, mas como qualquer exercício, sua periodicidade, de pelo menos uma vez por semana, ajuda e manter a estimulação cutânea na prevenção do envelhecimento facial", diz o médico, que afirma que os procedimentos não têm contraindicações. A "musculação" conta com blends de óleos essenciais, colágenos e ácido hialurônico.


Repórter testa o método e conta como foi

Testei dois procedimentos na Academia da Face: o Eletric Face, que atinge a camada profunda da pele, e o jato de ácido hialurônico, com foco na camada superficial. O Eletric Face promove contrações musculares seriadas e tensão nos ligamentos faciais, prometendo um efeito lifting e aumento da circulação sanguínea. O procedimento dura 15 minutos e custa R$ 159. Já a promessa do jato é promover vigor e brilho à pele. O procedimento dura 15 minutos e custa R$ 129.

Comecei com o Eletric Face, onde um técnico avaliou minha pele e diagnosticou pele mista. Em seguida minha pele foi limpa com óleo de semente de uva e recebi uma massagem relaxante. Em seguida, foi aplicada uma camada bem generosa de colágeno e então veio o aparelho de eletroestimulação.

O aparelho tem quatro níveis de intensidade e, segundo o técnico, quanto maior a intensidade, melhor o resultado. Eu fiz com a intensidade dois, porque estranhei e não me senti confortável com os "choquinhos" maiores, mas isso é muito particular e depende da sensibilidade de cada um. A empresa diz que ele promove contrações musculares seriadas e tensão nos ligamentos faciais.

A sensação é engraçada, senti um leve formigamento e meus músculos faciais se contraíam de maneira involuntária. Quando o técnico acabou o lado direito do meu rosto olhei no espelho e a diferença para o lado esquerdo era bem visível. A pele parecia mais tonificada, descansada e mais quente pela estimulação dos vasos.

Depois de 15 minutos, observei as pálpebras e maçã do rosto mais "levantadas" e o semblante mais descansado e com menos marcas de expressão. Para mim, os efeitos do procedimento duraram 3 dias. A indicação é que a musculação seja semanal.

Em seguida, foi aplicado o jato de ácido hialurônico. A sensação do jato geladinho refrescou minha pele que estava mais quente depois do primeiro procedimento. Com pressão, o jato faz o ácido penetrar melhor nos poros.

Esse procedimento é bem rápido, mas a recomendação é esperar três horas para poder lavar o rosto após a aplicação. Achei que minha pele ficou mais hidratada mesmo depois de lavar, mas em poucos dias ela tinha voltado ao normal.

FONTE: UNIVERSA



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.