Postado em segunda-feira, 28 de outubro de 2019 às 15:03

Chapadão e Divino avançam para as quartas de final da Copa Alfenas

Chapadão e Divino garantiram vaga na semifinal, que já tinha Alfenense e Pernalonga classificados.


Otávio Borba

A classificação das equipes veio no último domingo, dia 27, no Estádio Rachid B. Saliba. Alfenense e Pernalonga já estavam classificados para a semifinal da Copa Alfenas. 

A primeira partida da rodada se deu entre o Chapadão e a Cruz Preta, com vitória do time do bairro da Chapada pelo placar de 3 a 0.

Bem mais disposto em campo, o Chapadão procurou o gol desde o início. O time de José Carlos de Morais (Carlinhos Vardemá) e Rodrigo Terra entrou em campo um pouco disperso, sem a gana necessária para se chegar mais longe na competição.

Aos 26 minutos, o lateral esquerdo Samuel Carvalho foi envolvido em jogada efetuada por Daniel Divino, que cruzou e Wallas Claudino, livre de marcação, tocou para o fundo da meta defendida por Leo Alvez, fazendo 1 a 0.

Aos 34 minutos veio o segundo gol. Em boa jogada de Lucas Vinicius que achou o esperto e oportunista atacante Hiago Eliel, que bateu forte e cruzado, fazendo 2 a 0 no placar.

A rodada foi realizada na manhã de domingo no Campo do Saliba (Foto: Otávio Borba)


Enquanto isto, o time da Cruz Preta não se encontrava. Nem setor de meio campo e nem ataque, sobrecarregando assim o sistema defensivo.

Na segunda etapa, o Chapadão continuou mandando no jogo e, aos 25 minutos, o meia Kelisson bateu forte de fora da área e fez 3 a 0 no marcador, sem chances para o goleiro Leo Alves.

A Cruz Preta bem que tentou, mas parou no bem postado sistema defensivo do Chapadão e o placar ficou mesmo nos 3 a 0 para a equipe comandada pelo treinador Itamar Borges.

Divino passa pelo Seperente

O segundo jogo que definiu os semifinalistas da Copa Alfenas de Futebol Amador se deu entre o Família Divino e Seperente, com vitória do time de Celso Liberato pelo placar de 3 a 0.

No primeiro tempo até que o Seperente suportou bem a pressão exercida pelo Divino, porém não conseguiu jogar do meio de campo para frente, onde foi facilmente dominado, embora tenha mostrado luta e disposição. Mas segurou o placar no zero a zero e sem muitas chances para ambos os lados na etapa inicial.

Já na segunda etapa, o Seperente sucumbiu ao entrosamento e técnica do Divino que buscou a meta defendida por Guilherme Assis e com relativa facilidade foi fazendo os gols que lhe garantiram a vaga em mais uma semifinal. O Divino busca o tri campeonato desta competição.

O primeiro gol do Divino ocorreu após uma infelicidade do zagueiro improvisado Wallas Silva que errou o passe. A bola sobrou para William Tubão que bateu forte e cruzado, fazendo 1 a 0 no marcador, aos 15 minutos.

E foi questão de tempo. Mandando na partida, Leonardo Tukinha, o nome do jogo, fez excelente jogada pela direita e deixou Jhon Santos na cara do gol para fazer 2 a 0 Divino.

Completamente extenuado e entregue, o Seperente sequer esboçou reação. Aos 45 minutos, Gabriel Rufino aproveitou vacilo do goleiro Guilherme Assis e fez 3 a 0 aos 45 minutos, dando número finais ao marcador.

As duas partidas que definem os finalistas no próximo domingo e no mesmo horário, são: Alfenense e Pernalonga e, no jogo de fundo, Divino e Chapadão.



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.