Postado em segunda-feira, 10 de dezembro de 2018 às 23:11

Fábio da Oncologia presidirá a Câmara Municipal pelos próximos 2 anos

O parlamentar obteve o apoio da base governista e venceu a disputa com a oposição.


Alessandro Emergente

O vereador Fábio Marques Florêncio (Fábio da Oncologia/PP) é quem comandará a Câmara Municipal de Alfenas no próximo biênio 2019-2020. O parlamentar venceu a disputa pela presidência do Legislativo na noite de segunda-feira, durante a última sessão ordinária do ano.

Fábio obteve sete votos, vindos da base do governo, contra quatro conquistados por Edson Lélis (Edson da Distribuidora/PR), que integra o grupo de oposição. Outro nome na disputa foi o de João Carlos Tercetti (PRP), que obteve apenas o seu próprio voto.

O nome de Fábio como candidato vem sendo cogitado desde o ano passado e ganhou força nos bastidores no decorrer desse ano. Outros nomes da base governistas também manifestaram interesse em disputar a presidência da Casa, mas o mais resistente foi o de Tercetti que levou a sua candidatura ao plenário.

Fábio Marques assumirá a presidência da Câmara Municipal em janeiro (Foto: Ascom/Câmara Municipal)


A vitória de Fábio permite ao governo mais tranquilidade política nos dois últimos anos do governo, afastando a possibilidade do comando da Casa ficar com a oposição. A esposa do futuro presidente da Câmara é Deyvinha Cabral, secretária municipal de Saúde, que acompanhou a sessão legislativa desta segunda-feira na plateia.

Edson da Distribuidora foi o último a registrar a sua candidatura, que tinha prazo até às 16h da última sexta-feira. O nome dele já vinha sendo cogitado nos bastidores, mas alguns parlamentares ainda tinham dúvidas sobre a oficialização da candidatura, segundo demonstrou o vereador Reginaldo Flauzino (PHS) ao manifestar seu voto em Fábio.

Fábio da Oncologia foi eleito com os votos de Flauzino, Domingos dos Reis Monteiro (Dominguinhos/PSB), Waldemilson Bassoto (Padre/Pros), Vagner Morais (Guinho/PT), Tadeu Fernandes (PTC), José Carlos de Morais (Vardemá/PMDB), além do dele próprio.

Já Edson contou com os votos de Décio Paulino (PR) e Kátia Goyatá (PDT) que formam o trio de oposição na Câmara Municipal. A candidatura contou com a adesão de Antônio Carlos da Silva (Dr. Batata/PSB).


A futura Mesa Diretora será composta por Vardemá, Tadeu Fernandes, kátia Goyatá, Fábio da Oncologia e Flauzino (Foto: Ascom/Câmara Municipal)
 
 

As candidaturas não são por chapas e sim avulsas. Com isso, para os demais cargos da Mesa Diretora não houve disputa. Os vereadores apresentaram candidaturas únicas, obtendo a totalidade dos votos, que foram registrados oralmente.

Com isso, além da presidência, foram eleitos Tadeu Fernandes como vice-presidente, Kátia Goyatá como 1ª secretária, Flauzino como 2° secretário e o atual presidente José Carlos de Morais foi eleito como suplente de secretário.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.