Postado em sexta-feira, 2 de novembro de 2018 às 14:10

Entenda a Lei Antiterror, que pode ser ampliada para atingir MST e MTST

Após Dilma aprovar texto com vetos e ressalva a movimentos sociais, mudanças na legislação estão na mira de Magno Malta, aliado de Bolsonaro.


Da Carta Capital

Logo após ser eleito, Jair Bolsonaro insistiu que tratará como terroristas organizações como o Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST) e o Movimentos dos Trabalhadores Sem Teto (MTST).

Na sequência de suas declarações, o senador Magno Malta (PR), integrante do núcleo duro da campanha vitoriosa do ex-militar, incluiu na pauta da Comissão de Constituição e Justiça do Senado a votação de um projeto que abre a possibilidade de ampliar ações que podem ser consideradas como terrorismo.

[LEIA A MATÉRIA COMPLETA CLICANDO AQUI]

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.