Postado em sexta-feira, 12 de outubro de 2018 às 13:41

As lições da Estônia, país que revolucionou escola pública

Na última edição do Pisa, avaliação trienal realizada pela OCDE, a Estônia apareceu em terceiro lugar, atrás apenas de Cingapura e Japão.


Da BBC/Brasil

Está, portanto, no pequeno país banhado pelo mar Báltico a melhor educação da Europa - ou, indo além, a melhor educação do Ocidente.

Entre os 70 participantes da avaliação, o Brasil ficou em 63º lugar.

"O sucesso da educação na Estônia se baseia em três pilares", afirmou à BBC News Brasil a ministra da Educação e Pesquisa do país, Mailis Reps. "A educação é valorizada pela sociedade, o acesso é universal e gratuito e há ampla autonomia (de professores e escolas)."

"Os estonianos realmente acreditam que a educação abre uma ampla gama de possibilidades", ressalta a ministra.

Na Estônia, a educação é gratuita e inclusiva em todos os níveis, explica Reps, o que significa que todos têm igual possibilidade de inserção. "Também oferecemos acesso igual a vários serviços de apoio baseados nas necessidade, como refeições gratuitas na escola, fornecimento de materiais didáticos, serviços de aconselhamento, além de subsídios em transporte e, a partir do ensino secundário, acomodação", disse.

[Clique aqui e leia a reportagem completa]

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.