Postado em sábado, 8 de setembro de 2018 às 15:03
Atualizada em quinta-feira, 13 de setembro de 2018 às 21:35

Terça para Mulheres é realizada em Alfenas

O evento, realizado pelo Grupo das Mulheres Empreendedoras de Alfenas, promoveu o empoderamento feminino.


Da Redação

Promover o empoderamento feminino por meio do empreendedorismo, garantindo independência financeira e de decisão sobre a vida pessoal e profissional. Este foi o principal objetivo da Terça Para Mulheres (TPM), ação realizada pelo Grupo das Mulheres Empreendedoras de Alfenas na sede do Serviço Nacional de Aprendizagem (Senac). A atividade foi, realizada na terça-feira (04), em Alfenas.

A TPM é uma reunião mensal que ocorre na primeira terça-feira de cada mês e visa inspirar as 219 mulheres do grupo, por meio de histórias e trocas de experiências entre empreendedoras que criam novas referências de liderança e sucesso; capacitar com conteúdo, ferramentas e cursos para aprimorar as técnicas de gestão de suas empresas e conectá-las a ambiente em que possam expandir suas redes de relacionamento e realizar negócios.

A TPM foi realizada em Alfenas (Foto: Divulgação)


“Diante do cenário atual em que as mulheres empreendem bem mais do que há alguns anos, criamos o grupo que tem o objetivo de auxiliar as mulheres no desenvolvimento de seu perfil empreendedor, visto que é missão do Sebrae Minas fomentar o surgimento de novos negócios e contribuir para o desenvolvimento dos existentes, promovendo capacitação e oferecendo ferramentas de gestão aos empresários“, avalia a analista do Sebrae Minas, Adaiby Gonçalves.

Empreendedorismo feminino


Em cinco anos, mais que dobrou o número de mulheres Microempreendedoras Individuais (MEI) no Brasil. O número de formalizadas que trabalhavam por conta própria saltou de 1,3 milhão, em 2013, para 3 milhões, em 2018, um aumento de 124%. É o que mostra um levantamento do Sebrae Minas, com base em dados do Portal do Empreendedor. De acordo com os dados da Receita Federal, até fevereiro deste ano, dos 6.389.621 MEI no país, 48% eram mulheres. Em Minas Gerais, dos mais de 736 mil formalizados, 47% eram mulheres, cerca de 347 mil empreendedoras em todo o estado.

Em Tempo

Em nota, a assessoria de imprensa do Sebrae Minas na Regional Sul informou que houve um equívoco em relação à informação divulgada à imprensa sobre a reunião Terça Para Mulheres (TPM), realizada pelo Grupo das Mulheres Empreendedoras de Alfenas.

A informação inicial, divulgada à imprensa, era de que o evento era promovido pelo Sebrae Minas quando, na verdade, a iniciativa foi do Senac. “O Sebrae Minas é um dos parceiros do Grupo das Mulheres Empreendedoras de Alfenas, e apoia a realização de ações pontuais de fomento ao empreendedorismo feminino, com o intuito de promover a capacitação e troca de experiências”, informou a assessoria do Sebrae Minas.

Confira a nota na íntegra:

A Assessoria de Imprensa do Sebrae Minas na Regional Sul informa que houve um equívoco em relação à informação divulgada sobre a reunião Terça Para Mulheres (TPM), realizada pelo Grupo das Mulheres Empreendedoras de Alfenas, no dia 4 de setembro último. A nota informava que o evento era promovido pelo Sebrae Minas quando, na verdade, a iniciativa foi do Senac. O Sebrae Minas é um dos parceiros do Grupo das Mulheres Empreendedoras de Alfenas, e apoia a realização de ações pontuais de fomento ao empreendedorismo feminino, com o intuito de promover a capacitação e troca de experiências.

NOTÍCIAS RELACIONADAS


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.