Postado em terça-feira, 6 de fevereiro de 2018 às 08:51

BSCA: Programa Destaque Brasil valoriza cafés especiais de colheita tardia

 O Brasil possui cafés especiais de colheita tardia excepcionais, com atributos tão fantásticos quanto os colhidos anteriormente, mas que pelo seu timing acabam não participando do principal concurso de qualidade do mundo, o Cup of Excellence. Em função disso, como ação do projeto setorial “Brazil. The Coffee Nation”, a Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Alliance for Coffee Excellence (ACE), realizou o inédito Programa Destaque Brasil, que tem o intuito de valorizar esses frutos junto a importantes compradores mundiais.

No sábado, 3 de fevereiro, no elegante ambiente da Casa Camolese, no Rio de Janeiro (RJ), foram conhecidos os vencedores do concurso que, como prêmio principal, adquiriram o direito de participar de um leilão presencial, cuja comercialização dos lotes gerou uma arrecadação total de *R$ 216.842,78 (US$ 67.457,70), o que implica uma média de *R$ 2.780,04 por saca de 60 kg negociada. Todas as 78 sacas disponíveis obtiveram notas superiores a 86 pontos (escala de zero a 100 da competição) e foram arrematadas, com preços que partiram de R$ 2.338,50 e chegaram a até R$ 5.102,18 por saca.

Esses cafés de colheita tardia foram cultivados por agricultores familiares em propriedades que dedicam, em média, 10 hectares à atividade cafeeira. O leilão presencial foi uma iniciativa inédita, diferenciando-se do processo do Cup of Excellence, quando os vencedores são disputados através de leilão virtual. Na primeira edição do Programa Destaque Brasil, os lotes vencedores foram disputados, in loco, por 14 compradores internacionais, vindos de Austrália, Coreia do Sul, Estados Unidos, Estônia, Grécia, Lituânia, Japão, Polônia e Ucrânia, além de um comprador do Brasil.

De acordo com a diretora da BSCA, Vanusia Nogueira, a realização da primeira edição do Programa Destaque Brasil cumpriu com o objetivo de apresentar a grandes compradores internacionais a qualidade excepcional dos cafés especiais brasileiros de colheita tardia. “Os importadores ficaram impressionados com o que provaram e se surpreenderam ao ter contato com uma bebida até então não comum para o seu negócio, já que os cafés preparados após outubro dificilmente chegavam a seu conhecimento, por isso essa iniciativa tende a render excelentes resultados aos cafés do Brasil”, comenta.

A diretora explica, ainda, que a parceria com a Apex-Brasil e a ACE foi fundamental para a estruturação do evneto, trazendo o know-how e a confiabilidade de três instituições que executam o bem-sucedido Cup of Excellence. “A expertise dos organizadores foi vital para trazermos grandes compradores mundiais, com a ACE realizando esse processo de matchmaking. O Destaque Brasil, por sua vez, foi mais enxuto e objetivo que o Cup, com fases mais curtas e com um júri internacional menor, que veio rapidamente ao País e que pôde realizar seu trabalho em um descontraído e aconchegante ambiente no Rio de Janeiro”, completa Vanusia.

BRAZIL. THE COFFEE NATION

O “Programa Destaque Brasil” é ação integrante do projeto setorial "Brazil. The Coffee Nation", que é desenvolvido em parceria por BSCA e Apex-Brasil, e tem como foco a promoção comercial dos cafés especiais brasileiros no mercado externo. O objetivo é reforçar a imagem dos produtos nacionais em todo o mundo e posicionar o Brasil como fornecedor de alta qualidade, com utilização de tecnologia de ponta decorrente de pesquisas realizadas no País. O projeto visa, ainda, a expor os processos exclusivos de certificação e rastreabilidade adotados na produção nacional de cafés especiais, evidenciando sua responsabilidade socioambiental e incorporando vantagem competitiva aos produtos brasileiros.

Iniciado em 2008, a vigência do atual projeto se dá entre maio de 2016 ao mesmo mês de 2018 e os mercados-alvo são: (i) EUA, Canadá, Japão, Coreia do Sul, China/Taiwan, Reino Unido, Alemanha e Austrália para os cafés crus especiais; e (ii) EUA, China, Alemanha e Emirados Árabes Unidos para os produtos da indústria de torrefação e moagem. As empresas que ainda não fazem parte do projeto podem obter mais informações diretamente com a BSCA, através dos telefones (35) 3212-4705 / (35) 3212-6302 ou do e-mail exec@bsca.com.br.


Fonte: Notícias Agrícolas