Postado em segunda-feira, 16 de junho de 2014 às 01:18

Através de assessores, prefeito diz que pretende manter redução de 20% no seu salário

A informação foi repassada ao Alfenas Hoje pelo secretário de Administração do município.


 Alessandro Emergente

O prefeito Maurílio Peloso (PDT) informou, através de sua assessoria, que a intenção é manter a redução de 20% em seu subsídio (nome oficial dado ao salário de agentes políticos). A informação foi repassada à redação do Alfenas Hoje pelo secretário municipal de Administração, Paulo Henrique Santos Pereira.

Na última sessão legislativa, os vereadores aprovaram em 2º turno o projeto de lei que autoriza um reajuste de 8,46% nos subsídios dos agentes políticos (prefeito, vice, secretários e vereadores), retroativo a 1º de maio. O novo valor deve ser pago após a lei ser sancionada e publicada e a tendência é que a correção, por perdas inflacionárias, vigore no próximo pagamento.  

Com os valores reajustados, o subsídio do prefeito passa de R$ 15.650,00 para R$ 16.973,99. Este é o valor integral a que ele tem direito, porém em agosto do ano passado Maurílio anunciou um corte de 20% no seu salário. Na época, a remuneração caiu dos R$ 15,6 mil para R$ 12,5 mil. Mantendo esse percentual de desconto, receberá R$ 13.579,20.   

Na última folha de pagamento, em maio, o prefeito recebeu, em valor líquido, R$ 9.602,45. Com os descontos, os 2.564 servidores municipais receberam R$ 3.554.819,39, de acordo com os dados disponibilizados no site da prefeitura, seguindo determinação da Lei Federal nº 12.527/2011.

A reportagem entrou em contato com a administração municipal solicitando a informação sobre a manutenção ou não da redução dos 20%. O pedido de informação foi encaminhado ao governo no último dia 5 e, na última quinta-feira (12), o secretário encaminhou um e-mail à redação respondendo o questionamento.

De acordo com o secretário, “é de interesse” do prefeito Maurílio Peloso manter a redução de 20%. O entendimento do governo é que não será necessário alterar a portaria (nº 960/2013), que determinou a redução, e que a mesma continua tendo valor legal. A portaria não está disponível no site da prefeitura.



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.