Postado em sábado, 24 de agosto de 2019 às 08:33

Médico cria exame que detecta bórax na urina e diz: “Slime não é brinquedo inocente"


 Um médico brasileiro desenvolveu um novo de exame de detecção do bórax no corpo. O método promete identificar os níveis da substância no organismo humano com mais facilidade e ajudar no diagnóstico de casos de intoxicação por borato de sódio.O borato de sódio, ou o conhecido bórax, é um mineral utilizado como matéria-prima de produtos de limpeza, como sabão em pó, inseticidas, fertilizantes, e até mesmo em produtos de uso diário, como talco para assaduras e colírios.O bórax também é encontrado à venda nos mercados e usado como ingrediente para a fabricação do slime caseiro.

O bórax pode estar presente em diferentes produtos do dia a dia, mas em alguns casos seu contato pode ser tóxico ao organismo.

O risco de intoxicação por bórax existe principalmente quando o produto que contém a substância em sua composição não passa por fiscalização no processo de fabricação.

É o caso do slime caseiro. Para a produção da massinha, o borato de sódio é usado para dar liga ao brinquedo infantil e, como bem lembra o toxicologista Anthony Wong, médico-chefe do Centro de Assistência Toxicológica do Hospital das Clínicas, quanto mais bórax, mais elástico o slime. “Então, a tendência é que se aumente a quantidade do produto”, comenta o especialista.
O uso sem qualquer tipo de controle do bórax em slimes traz perigo à saúde das pessoas, especialmente crianças, as que mais manuseiam esse tipo de brinquedo.
Recentemente, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) emitiu um alerta reforçando sobre os perigos que o uso sem fiscalização do bórax pode trazer ao corpo.

“(...) A substância bórax, também conhecida como borato de sódio, vem sendo utilizada e vendida de forma inadequada como ativador de slime, uma espécie de geleca caseira. Tal uso não é regulamentado pela Agência e pode ser prejudicial para a saúde, especialmente de crianças", diz parte do comunicado.

Intoxicação por bórax: como acontece e sintomas

Wong explica que a intoxicação pelo bórax pode acontecer por via oral, respiratória (inalando o pó) e por contato com o borato de sódio com a pele quando ela estiver lesionada.

“Em bebês com assadura, por exemplo, o talco com bórax os intoxicava e levava à convulsões e à morte”, explica o médico.

Quando a intoxicação por bórax acontece, surgem alguns sinais característicos: dor de barriga intensa, constante e que dura muito tempo; náuseas; vômitos e em alguns casos com sangramento; diarreia.

“Em intoxicações mais graves pode haver anemia, alterações no fígado e eventualmente incapacidade de urinar e convulsões”, explica Wong.


Fonte:Vix.com



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.