Postado em domingo, 14 de junho de 2009

Unifal adota Enem como forma de acesso à universidade

Alessandro Emergente

A Unifal (Universidade Federal de Alfenas) decidiu adotar o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) como único processo de seleção dos universitários colocando fim ao vestibular tradicional. A Universidade é uma das dez federais mineiras a adotar o processo unificado proposto pelo MEC (Ministério da Educação). As provas serão realizadas no início de outubro.

>>Saiba tudo sobre o Enem clicando aqui

A adoção do processo seletivo unificado por meio do Enem foi enviada em abril aos reitores das universidades federais pelo MEC. A partir daí, as instituições iniciaram a discussão sobre a adoção do Enem em substituição aos vestibulares.

Com a decisão, o vestibular a ser realizado 20 e 21 de junho será o último promovido pela Unifal. Os futuros universitários, que iniciam as atividades acadêmicas no primeiro semestre de 2010, serão selecionados por meio do Enem.

Mas a Copeve/Unifal (Comissão Permanente de Vestibular) afirmou, em nota, que adoção do novo sistema de seleção tem caráter experimental. Segundo a nota, a viabilidade de utilização do Exame nos seus próximos vestibulares dependera da avaliação desta primeira experiência.

Datas Marcadas

As provas já têm datas marcadas. Serão nos dias 3 e 4 de outubro. As inscrições para realização da prova começam nesta segunda-feira (15 junho) e terminam em 17 de julho para os concluintes do ensino médio. As pessoas que já finalizaram o ensino médio em anos anteriores terão um prazo maior para inscrição: até 19 de julho.

Os alunos de escolas públicas são isentos do pagamento da taxa de inscrição, enquanto que os de instituições particulares pagarão R$ 35 pela inscrição.

Em Minas, das 11 instituições de ensino federais somente a UFMG não adotou o Enem como forma de acesso dos universitários. As demais adotaram, mesmo que parcialmente, o processo de seleção unificada proposto pelo governo federal.

A lista inclui, além da Unifal, as seguintes instituições federais do Estado: de Ouro Preto (Ufop), de Viçosa (UFV), de Lavras (Ufla), do Triângulo Mineiro (UFTM), de Itajubá (Unifei), de São João del-Rei (UFSJ), de Juiz de Fora (UFJF), de Uberlândia (UFU) e dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM).

Novo Enem

A Copeve/Unifal informou que a decisão baseou-se, principalmente, no fato de que as provas do novo Enem darão privilégio à interpretação e de que "a sua centralização democratizará o ingresso nas Universidades, além de promover a mobilidade acadêmica".

De acordo com o MEC, a intenção é oferecer um sistema de avaliação que privilegie a capacidade crítica e analítica dos estudantes em detrimento dos atuais modelos de vestibulares que valorizam sobremaneira a memorização de conteúdos do ensino médio.

“O novo Enem combinará a forma de abordagem do atual Enem com a abrangência dos conteúdos cobrados pelo vestibular”, explica o ministro Fernando Haddad. Segundo Haddad, a seleção pelo novo Enem permitirá reformular os conteúdos ensinados no ensino médio, que hoje est&atlde;o pautados pelas provas dos vestibulares.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.