Postado em segunda-feira, 29 de outubro de 2018 às 09:35

Projeto de Lei prevê criação de carteirinhas para autistas em Pouso Alegre

Projeto foi aprovado em duas votações e aguarda sanção do prefeito...


 A Câmara dos Vereadores de Pouso Alegre (MG) aprovou na última sessão um projeto de lei que prevê a criação de uma carteira de identificação para crianças com autismo. No município, mais de 100 crianças na condição estão registradas na rede municipal de ensino e os pais alegam dificuldades para conseguir atendimento preferencial em hospitais e bancos.

O projeto de lei foi criado pelo vereador Leandro Morais (PPS), depois que um grupo de mães de autistas participou de uma audiência pública e relatou as principais dificuldades que têm com os filhos na cidade.

A assistente administrativo Edjane Miingorance, por exemplo, tem um filho de oito anos que foi diagnosticado com autismo quando mais novo. Para ela, enfrentar locais lotados ou filas é um problema.

“Nossa maior dificuldade é com relação ao atendimento preferencial. Eles não têm uma característica física perceptível, mas têm dificuldade na demora, em alguns ambientes com som alto, lugares de muitas pessoas aglomeradas etc. Eles entram em crise”, explica.


Pais relatam dificuldades com os filhos na cidade — Foto: Reprodução/EPTV

Junto a outras mães, ela criou o coletivo Brilho Azul e foram cobrar apoio dos parlamentares. Segundo Morais, a criação do projeto, que já foi aprovado em duas votações e só aguarda sanção do prefeito, é apenas o primeiro passo.

“A ideia é criarmos uma comissão entre as secretarias de Saúde, Defesa Social, Educação e o coletivo, com objetivo de dar a todos os autistas a oportunidade de ter essa carteira”, pontua.

Além dos autistas, o projeto prevê que a carteira seja ampliada para todas as pessoas com deficiência que estão inscritas no cadastro do município.



Fonte:G1