Postado em segunda-feira, 9 de julho de 2018 às 11:45

Não escorregue na segurança ao decorar sua casa

 O piso de porcelanato polido do seu banheiro é lindo, mas escorrega que é uma beleza? Pois é, nem sempre o que mais arranca elogios é o ideal para o dia a dia dos moradores – principalmente se forem idosos ou crianças. Mas dá para conciliar segurança e beleza. O arquiteto Lisandro Piloni diz que o importante é integrar itens para criar uma harmonização.

“Precisa de barras de segurança para idoso no banheiro? Faça com o mesmo acabamento da torneira, cromado, por exemplo. Ou coloque na mesma cor do revestimento da parede. Mande pintar colorido se for um banheiro mais moderno”, explica.

É o que também pensa o arquiteto Fábio Moraes de Oliveira. “O melhor caminho é projetar a decoração a partir dos itens de segurança, para garantir a harmonia e integração entre eles”. Confira abaixo as dicas dos especialistas.

Pisos antiderrapantes
Mais lógico e harmonioso se forem utilizados em áreas que recebam água, como banheiros, lavanderias, varandas, ao redor de piscinas e demais espaços externos, lembra Piloni. Já Oliveira frisa que há diversos tipos de pisos antiderrapantes, uns bem rústicos e outros mais modernos. A melhor forma de escolher é sendo fiel ao estilo arquitetônico da casa.

(Foto: Shutterstock)

Escadas
Um bom corrimão e piso antiderrapante são fundamentais. E lembre-se: jamais colocar nas escadas tapetes ou algum elemento que possa se desprender. Elas devem ser projetadas seguindo a fórmula de conforto, conhecida como Fórmula de Blondel, que garante a altura mais confortável para os degraus. Também devem ter largura suficiente para duas pessoas circularem sem precisar que uma dê espaço para outra.

Tomadas
Banheiros, lavanderia e cozinha são locais onde as tomadas demandam mais cuidado por causa do possível contato com a umidade. Nos banheiros, o melhor é usar aparelhos movidos a pilhas. Já na cozinha, as tomadas sobre as pias não devem ficar muito próximas à superfície. Tem criança? Coloque protetores em todas elas.

(Foto: Shutterstock)

 

Banheiros
Use apenas o necessário, para que o ambiente tenha visual limpo e moderno. “Um banheiro funcional é aquele onde os objetos de uso pessoal estão próximos de onde serão usados. Por exemplo: ter que dar um ou dois passos para pegar a toalha fora do box é quase um crime”, afirma o arquiteto Fábio Oliveira.

(Foto: Shutterstock)


Vidros
Em todo lugar onde há vidro é preciso ter cuidado. Com crianças ou idosos, mesas de centro não são aconselhadas. “Crianças podem subir e quebrar a mesa, idosos podem tropeçar, cair e se machucar. Melhor usar um puff estofado como mesa de centro, por exemplo” diz arquiteto Lisandro Piloni.

Redes
Primeiramente deve ser definida a função da rede. Se ela servirá para a proteção de uma criança, por exemplo. “Cada uso definirá o tamanho ideal da trama. Depois disso, é definir a partir da cor que melhor combine com a fachada da casa”, comenta Oliveira.



Fonte:Zapimoveis