Postado em quinta-feira, 18 de janeiro de 2018 às 13:47

Novo vírus no Android lê WhatsApp e até ativa microfone para ouvir o que você fala

 Um novo e poderosíssimo vírus foi identificado: ele é capaz de invadir o sistema Android, acionar microfone, câmera e acessar todos os aplicativos de mensagem - e até “entender” sobre o que o usuário conversou. A empresa de segurança digital Kaspersky foi a responsável por encontrar a praga, que recebeu o nome de Skygofree.

Já se sabe sobre o malware que ele foi desenvolvido na Itália em 2014 e que, por enquanto, os celulares italianos foram os únicos invadidos, mas a Kaspersky alerta que é possível que o público-alvo mude rapidamente.

O golpe é parecido com o de outros vírus convencionais: um site falso de operadora móvel oferece o download de um aplicativo que acelera a velocidade da internet. É mentira, claro. Mas quem cai nessa e baixa o app dá acesso para o cibercriminoso acessar tudo, absolutamente tudo, em uso no aparelho.


O que o Skygofree pode fazer?

Assim que o criminoso recebe a notificação de que o usuário caiu no golpe, pode ligar o microfone e a câmera do dispositivo. Com o microfone ligado, pode-se ouvir todos os sons ao redor do celular - o que pode ser muito perigoso para quem precisa ter conversas sigilosas. E a câmera frontal pode tirar uma foto na hora que o usuário fizer o reconhecimento facial para desbloquear o aparelho.

O Skygofree pode também acessar todas as mensagens do smartphone, seja no Facebook Messenger, no Skype, no Viber e no WhatsApp. A praga não consegue quebrar a criptografia dos aplicativos, mas usa o serviço de Acessibilidade para ter acesso às mensagens - o recurso lê, como um olho digital, o conteúdo da tela.

Além disso, os cibercriminosos conseguem até conectar o celular a uma recebe de Wi-Fi que eles mesmo controlam, mesmo se o usuário estiver em Modo Avião. Assim, ele pode usar todo o tráfego de internet da vítima e coletar informações de contas, cartões e senhas.

Que cuidados devo ter?

A Kaspersky faz a recomendação óbvia: apenas baixe aplicativos em lojas oficiais e não permita a instalação de softwares terceiros. Fique atento com o nome do app que baixar, pois às vezes ele se parece com aquele que você procura, mas um ponto de diferença no nome pode fazer toda a diferença. Por fim, não aceite permissões estranhas quando quiser ter o app em seu smartphone, por exemplo um joguinho simples pedir acesso ao microfone.






Fonte: VIX TECNOLOGIA