Postado em segunda-feira, 13 de novembro de 2017 às 11:08

Este é o momento da arte se expor”, diz diretora de espetáculo do Grupo Galpão no Sul de MG

 

Um grupo que há 35 anos existe é um grupo que resiste”. Em meio aos fortes debates sobre os rumos da arte e discussões em intervenções polêmicas pelo país, os mineiros do Grupo Galpão comemoram mais um ano de estrada. A atriz e diretora de “De Tempo Somos - um sarau do Grupo Galpão”, Lydia Del Picchia, que divide a direção com Simone Ordones, conversou com o G1 sobre o momento da arte no país e contou sobre o espetáculo que mistura música e poesia.

“É o momento da arte se expor. A arte está levando pedrada. Mas é este o momento de grupos de teatro, música, dança e circo se mostrarem. De lutarem para tocar mais e mais pessoas”.

O momento do Brasil é definido pela atriz como de censura, mas que abre possibilidades de apresentar a arte a quem ainda conhece pouco.



“Ainda falta a intimidade com a arte e a cultura. Poder se apresentar em teatro, ruas e escolas é a chance de cativar as pessoas. Muito dessa reação inflamada contra a arte é porque ainda é pouco conhecida. A arte não é só o bonito, o gostoso. Ela é lugar de reflexão, de questionamento”.

E este contato com o diferente, segundo a diretora, tem como primeira reação a de afastar as pessoas.

“A pessoa se pergunta: ‘o que é isso que não conheço? Porque isto está me confrontando?’. A gente então quer com os espetáculos criar uma outra realidade, onde a arte é possível”.

É na delicadeza que o Grupo Galpão aposta no espetáculo da turnê “De Tempo Somos”, que chega ao Sul de Minas nesta segunda-feira (13). O sarau musical traz canções do repertório dos anos de estrada do grupo de Belo Horizonte (MG), acompanhadas de poesias que falam sobre a passagem do tempo.


Grupo Galpão aposta na delicadeza em nova turnê no Sul de Minas. (Foto: Guto Muniz/Divulgação)
“É um espetáculo de delicadeza e poesia e que tem uma função fundamental. É muito comum as pessoas dizerem ao fim do sarau que choraram muito. Porque ele toca em lugares que a gente esquece que existe dentro da gente e às vezes não estamos preparados, deixamos no cantinho. Aí vem a música e o teatro e despertam tudo isso”, explica a diretora.

O espetáculo é dividido em quatro blocos que falam sobre o tempo usando as estações do ano. Segundo o grupo, é uma forma de renovar a história do Grupo Galpão.

“Com 35 anos, neste espetáculo, a gente olha para a própria história, mas não de uma maneira nostálgica e, sim, olhando pra frente, pro que ainda está por vir”


Espetáculo "De Tempo Somos" será apresentado no Sul de Minas. (Foto: Divulgação/Grupo Galpão)

A peça foi criada em 2014 em um projeto antigo do grupo que é conhecido pela característica de unir teatro e música e apresentar as trilhas sonoras ao vivo durante os espetáculos. Em forma de show, em “De Tempo Somos”, são apresentadas as músicas do grupo com novos arranjos e textos que não são de espetáculos antigos, mas de autores conhecidos que falam sobre o tempo.

O espetáculo foi montado de forma colaborativa de todo o elenco, que atuou também nas funções de direção, figurino, produção, direção musical e preparação corporal.

“Com esse formato, a gente busca essa ligação da plateia com o artista e a arte, trazemos esse espaço de sonhos, de imaginar novas possibilidades, de pensar uma vida nova".



Lydia Del Picchia atua e dirige espetáculo do Grupo Galpão, que chega ao Sul de Minas. (Foto: Divulgação/Grupo Galpão)


A turnê no Sul de Minas dura seis dias e vai passar por Santa Rita do Sapucaí, Extrema, Itajubá, Poços de Caldas e Varginha.

“É uma alegria poder fazer essa turnê aqui na região. O grupo, por ser mineiro, tem uma comunicação muito forte com o público daqui que conhece o Galpão. Nem sempre a gente tem a possibilidade de viajar até as pequenas cidades, geralmente estamos nas capitais, festivais em cidades maiores. Então, a expectativa para os próximos dias é muito grande”.

Além da apresentação, todas as cidades recebem um bate-papo com os integrantes do grupo. Todas as atividades são gratuitas, mas os ingressos precisam ser retirados com antecedência nos locais de apresentação.

Confira os locais e horários de “De Tempos Somos” no Sul de Minas
:

SANTA RITA DO SAPUCAÍ - 13 de novembro
Local: Teatro Inatel - Av. João de Camargo, número 510 - segundo piso do prédio 5

Horário: 20h

Entrada gratuita com retirada de ingresso, na bilheteria do teatro, 2h antes do espetáculo. Sujeito à lotação.

Informações: 35 3471-9397 / 9.9964-8621

Bate-papo:

Local: Inatel - Auditório Aureliano Chaves (Prédio 1, andar térreo)

Data: 13 de novembro (segunda-feira)

Horário: 14h

EXTREMA - 14 de novembro


Local: Cine Teatro Municipal de Extrema - Av. Dr. Waldemar Gomes Pinto, s/nº, Ponte Nova (Parque de Eventos)

Horário: 20h

Entrada gratuita com retirada de ingresso, nos dias 10 e 13 de novembro , das 8h às 17h, na Casa de Cultura (Praça Presidente Vargas , 100, Centro) e na bilheteria do teatro, 2h antes do espetáculo. Sujeito à lotação.

Informações: 35 3435-6066

Bate-papo:

Local: Clube Literário – R. Olegário Maciel, 201, Centro – Extrema / MG

Data: 14 de novembro (terça-feira)

Horário: 14h

ITAJUBÁ - 15 de novembro


Local: Teatro Municipal Christiane Riera - Rua Dr. Jerson Dias, 501, Bairro Estiva

Horário: 20h

Entrada gratuita com retirada de ingresso dois dias antes do espetáculo (13 e 14 de novembro), das 13h às 18h, na Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (dentro do Teatro Municipal Christiane Riera) e no dia da apresentação, na bilheteria do teatro, 2 horas antes do espetáculo. Sujeito à lotação.

Informações: 35 3692 1778

Bate-papo:

Local: Jazz Café – R. Dr. Pereira Cabral, 304. Centro – Itajubá – MG

Data: 15 de novembro (quarta-feira)

Horário: 14h

Contato: 35. 3692-1778 (Secut) / 35. 9 9978-2259 (Jazz Café)

POÇOS DE CALDAS - 17 de novembro

Local: Teatro Benigno Gaiga / Urca - Praça Getúlio Vargas, s/nº, Centro.

Horário: 20h30

Entrada gratuita com retirada de ingresso, na bilheteria do teatro, 1h antes do espetáculo. Sujeito à lotação.

Informações: 35 3697-2391

Bate-papo:

Local: Espaço Cultural da Urca – Praça Getúlio Vargas, s/n. Centro – Poços de Caldas / MG

Data: 16 de novembro (quinta-feira)

Horário: 19h

VARGINHA - 19 de novembro

Local: Theatro Municipal Capitólio - Rua Presidente Antônio Carlos, nº 522, Centro.

Horário: 19h

Entrada gratuita com retirada de ingresso na bilheteria do próprio teatro e na Casa da Cultura Nico Vidal (Praça Governador Benedito Valadares, 141), a partir do dia 16 de novembro, em horário comercial. Sujeito à lotação.

Informações: 35 3690-2721 | 3690-2716

Bate-papo:

Local: Casa da Cultura Nico Vidal – Praça Governador Benedito Valadares, 141, Centro.

Data: 19 de novembro (domingo)

Horário: 13h

Contato: 35. 3690-2716

 

Fonte: G1 SUL DE MINAS

















Alfenas Hoje - Jornalismo com responsabilidade
Copyright © 2007 - 2017 - Todos os direitos reservados

Adapt Soluções e Treinamentos