Postado em sexta-feira, 10 de novembro de 2017 às 09:11

4 tipos de mulheres que estão propensas a ter diabetes na gravidez e como evitar

A diabetes gestacional é causada por uma alteração nos receptores de insulina, que se tornam mais resistentes à substância. Qualquer mulher pode desenvolver o quadro, mas algumas estão em maior risco e, por isso, precisam ficar atentas às formas de driblar o problema.

Fatores de risco para o diabetes gestacional:

  • Idade superior a 35 anos
  • Histórico familiar de diabetes
  • Excesso de peso antes da gravidez
  • Ganho excessivo de peso na gravidez


Uma das principais complicações que acompanha a diabetes na gravidez é o aumento do açúcar no sangue da mãe. Esse açúcar é passado ao bebê através do cordão umbilical, fazendo com que o pâncreas dele trabalhe mais e acumule mais gorduras.

De acordo com Dr. Alberto Guimarães, ginecologista e obstetra, isso pode fazer com que o bebê cresça mais que o esperado e, depois de nascer, precise de mais cuidados, pois pode ter hipoglicemia, além de ter mais chances de desenvolver obesidade e diabetes.

 

Sintomas
Os sintomas mais comuns da diabetes gestacional são característicos de qualquer gravidez, como sede constante, muito xixi, vontade de comer açúcar, entre outros. Por isso é importante que as mulheres, especialmente as que integram o grupo de risco, estejam atentas no pré-natal, entre 26 e 32 semanas, quando o descontrole nos receptores de insulina pode acontecer.
Precauções

A melhor maneira de evitar a diabetes gestacional ou identificá-la prontamente é contar com um acompanhamento médico, fazer periodicamente o exame de tolerância à glicose e seguir uma alimentação regrada e saudável feita por um nutricionista.

 

Fonte: VIX

















Alfenas Hoje - Jornalismo com responsabilidade
Copyright © 2007 - 2017 - Todos os direitos reservados

Adapt Soluções e Treinamentos