Alfenas Hoje - Eleitores de 16 cidades do Sul de MG fazem recadastramento biométrico
Postado em quinta-feira, 18 de maio de 2017

Eleitores de 16 cidades do Sul de MG fazem recadastramento biométrico

O recadastramento biométrico dos eleitores já começou a ser feito em 16 cidades do Sul de Minas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG). Na região, Muzambinho (MG) foi uma das 50 cidades em todo o estado que iniciou o novo sistema de cadastro digital do eleitorado. Segundo a Justiça Eleitoral, objetivo do método é dar mais segurança aos eleitores.

Além de Muzambinho, o recadastramento biométrico também já pode ser feito em Alfenas, Boa Esperança, Coqueiral, Caxambu, Ilicínea, Juruaia, Monte Santo de Minas, Poço Fundo, Passos, São João Batista do Glória, Santa Rita do Sapucaí, São Sebastião da Bela Vista, São Sebastião do Paraíso, São Tomás de Aquino e Serrania.

“Tornar a eleição, o voto, mais seguro, de forma que não ocorra de um eleitor votar no lugar de outro. Então, por enquanto, todas as pessoas que comparecerem em cartório serão recadastradas biometricamente, mas por enquanto não é obrigatório”, disse Daiane Capiotto Garcia Benassi, Chefe de Cartório, em Muzambinho.

Com o início do recadastramento nesses municípios, Minas Gerais passa a ter pouco mais de 480 municípios com a biometria não obrigatória. Por enquanto, o recadastramento biométrico de eleitores é opcional, mas quem vai tirar o documento pela primeira vez, a única alternativa é o cadastramento biométrico.

Em Poços de Caldas, onde o serviço começou a ser feito em outubro de 2015, até o momento, pouco mais de 15 mil eleitores já possuem o novo título de eleitor e estão aptos a votar com o novo sistema. Segundo a Chefe de Cartório, quanto antes o sistema foi atualizado, melhor para o eleitor.

“A tendência é que esse procedimento se torne obrigatório em todos os municípios, inclusive aqui em Poços de Caldas. Então, o quanto antes os eleitores puderem vir para fazer isso e não deixar para quando se tornar obrigatório, enfrentar filas, dificuldade de atendimento, para a gente seria melhor. A gente está intensificando esta campanha de todas as formas possíveis”, disse Lívia Stella Martins Zanatelli, Chefe de Cartório em Poços de Caldas.

O processo é simples e sem burocracia. Os interessados devem comparecer ao Cartório Eleitoral local levando um documento com foto, o título de eleitor e um comprovante de residência. Para quem não é nascido na cidade onde está localizado o cartório é preciso comprovar vínculo com o município.

"Tanto vínculo profissional, patrimonial ou familiar com o município. O eleitor, inicialmente, chega é feita a conferência da documentação dele e estando tudo certo, o cadastro dele é atualizado. Após a atualização é coletada a assinatura digital, posteriormente, a fotografia e por fim a coleta das digitais dos dez dedos", explicou Argibe Pio dos Santos Júnior, técnico judiciário.

Justificativa das últimas eleições

O eleitor que não votou e não justificou a ausência nas três últimas eleições ou não pagou as multas correspondentes teve até o último dia 2 de maio para regularizar sua situação perante a Justiça Eleitoral. O cancelamento automático dos títulos de eleitores ocorrerá entre esta quarta-feira (17) e sexta-feira (19).

Após esse prazo, essas pessoas correm o risco de ter o título cancelado, lembrando que a legislação considera cada turno de votação um pleito diferente para efeito de cancelamento. Quem tiver o título cancelado fica irregular com a Justiça Eleitoral e sofre algumas limitações: fica proibido de tirar CPF, o passaporte e ainda de tomar posse em cargo público.

Para saber como regularizar a situação é só procurar um Cartório Eleitoral. Em todo o estado mais de 175 mil eleitores estão em débito com a Justiça Eleitoral, segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

G1 Sul de Minas

















COLUNAS


Lava Jato
O silêncio dos inocentes. Inocentes?
Daniel Murad Ramos
Em debate
Shows do Aniversário de Alfenas
Leonardo Miranda
Democracia
O cair das máscaras
Daniel Murad Ramos
Todos Colunistas do Alfenas Hoje

Alfenas Hoje - Jornalismo com responsabilidade
Copyright © 2007 - 2017 - Todos os direitos reservados

Adapt Soluções e Treinamentos