Postado em quinta-feira, 2 de maio de 2019 às 18:06

Nos pênaltis, Chapadense bate Alfenense e é campeão do Master

Após um empate em 1 a 1 no tempo normal, o Chapadense fez 5 a 3 nos pênaltis e levou o título.


Otávio Borba

O Santa Maria/Chapadense é o campeão da Copa Alfenas de Futebol Master. A equipe venceu, nos pênaltis, o Alfenense na tarde de quarta feira, no Estádio Francisco Leite Vilela (Campo do América). A vitória nos pênaltis, por 5 a 3, veio após um empate em 1 a 1 no tempo regulamentar.

Foi uma partida muita equilibrada e que deixou a desejar tecnicamente, mas sobrou vontade e determinação de ambas equipes. O Alfenense começou melhor, procurando a meta defendida pelo goleiro Max Augusto, pois o Chapadense, comandado pelo treinador Uarli Christi, teve um início meio que retraído.

Mas quem assustou mesmo foi o Chapadense, aos 20 minutos, em chute do zagueiro Edinan para boa defesa de Samuel. E apos esta tentativa, o Santa Maria/Chapadense também passou a criar mais, principalmente em jogadas iniciadas pelo meio campista Emerson Viana, que foi o nome do jogo. Além de defender bem, armava as jogadas com talento e a vitalidade de um adolescente.

Acima, a equipe campeã, o Santa Maria/Chapadense, e abaixo o Alfenense, vice-campeão (Fotos: Otávio Borba)


E as chances foram aparecendo de ambos os lados. Mas aos 36 minutos, depois de boa jogada que começou justamente com Emerson, Leandro Bianchini fez o cruzamento, o goleiro Samuel tirou parcialmente de sua área, mas a boa sobrou para Daniel Garrafão, que de fora da área acertou um belo chute e abriu o marcador, fazendo 1 a 0 para o time do presidente Ferrinho.

2° tempo

Na segunda etapa, logo aos três minutos o Alfenense, comandado pelo treinador Luiz Carlos Jacinto chegou ao empate. Após cruzamento de Rafael Bernardes, Da Silva, livre de marcação, aproveitou o vacilo da zaga chapadense e, de cabeça, mandou para as redes de Max Augusto, fazendo 1 a 1 no marcador.

Após o gol, quem se retraiu foi o Alfenense, buscando jogar nos contragolpes. Teve chances com Guilherme Feijão e Ceará, mas estes falharam no momento da conclusão.

A partida terminou com a vitória do Chapadense nos pênaltis (Foto: Otávio Borba)


O Chapadense bem que tentou. Teve boas oportunidades, inclusive com Wellington "Pão Duro", mas também em vão ou com boas defesas do goleiro Samuel. E o placar ficou mesmo no 1 a 1. Nos pênaltis, vitória do Chapadense por 5 a 3.

Leandro Bianchini, Eduardo "Mamão", Lico, Flavinho e Edinan marcaram para o Chapadense. Cleidemar, Feijão e Elivelton marcaram para o Alfenense e Max Augusto defendeu uma penalidade cobrada por Ceará.

A boa arbitragem esteve a cargo de Jefferson Kleber Assis, acompanhando de perto as jogadas, sendo auxiliado por Juraci Bispo das Virgens e Daniel Santana.

O Santa Maria/Chapadense sagrou se campeão jogando com Max Augusto, Flavinho, Leandro Bianchini, Edinan e João Paulo, Eduardo "Mamão", Emerson Viana, Claudinei, Tiguinho, Daniel Garrafão e Wellington "Pão Duro". O treinador Uarli ainda contou com Fabricio, Alberone, Robert, Lico, Márcio, Maycon Quadros.

O Alfenense E. Clube perdeu com Samuel, Adalton, Danilo Lourenço, Carlinhos Costa e Rafael Bernardes, Cleidemar, Elivelton, Paulo, Guilherme Feijão, Rodinei "Ceará" e Da Silva. No banco, Luiz Carlos Jacinto contou com Fernando, Tuca, Monte Alegre, Reinaldo e Flaviano.



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.