Postado em segunda-feira, 21 de julho de 2014 às 12:12

Mais um personagem de desenho animado é usado por traficantes nas drogas

Desta vez foram apreendidas pela PM cápsulas com cocaína, identificada com adesivos do personagem Taz.


Alessandro Emergente

O personagem Taz, o demônio da Tasmânia da série infantil Taz-Mania, é a mais nova identificação descoberta pela PM (Polícia Militar) em cápsulas com cocaína, vendidas por traficantes de Alfenas. No final de semana, a PM apreendeu 15 cápsulas, também chamadas também de pinos ou microtubos, com o adesivo da animação infantil.

Há onze dias, a Polícia Civil apreendeu maconha com adesivos do super-herói Hulk, indicando o grau de pureza da droga. No mês passado, a mesma equipe da PM, que fez a apreensão no final de semana, também apreendeu 200 cápsulas com cocaína, que continham adesivos com a bandeira do Brasil numa alusão a Copa do Mundo.

A apreensão da cocaína com o personagem Taz foi na noite de sábado, por volta das 20h, no bairro Vila Betânia. A equipe da PM, comandada pelo sargento Lemos, realizava uma operação antidrogas, quando percebeu um suspeito na esquina da rua União com rua João da Cunha Bastos. O local é alvo de várias denúncias sobre tráfico de entorpecentes.

 Várias cápsulas com cocaína, apreendidas pela equipe comandada pelo sargento
Lemos, 
estavam identificadas com adesivos com o personagem Taz

Ao perceber a viatura da PM, Igor Lima de Souza, 18 anos, arremessou, segundo a PM, um embrulho sobre a marquise de uma residência na rua União. Na sequência, o suspeito foi abordado e submetido à busca pessoal. No bolso de sua blusa, os policiais encontraram R$ 77,00 em diversas cédulas e um aparelho celular, que foram apreendidos.

Ao ser verificado o embrulho que foi jogado na marquise, a PM localizou 15 cápsulas com cocaína, 21 pedras de crack e quatro buchas de maconha. Segundo a PM, o suspeito assumiu para os policiais que estava comercializando a droga no local pelo valor de R$ 10 a unidade, mas se recusou a dizer para quem estava trabalhando. 

Além da cocaína, também foram apreendidos maconha, pedras de crack, dinheiro e celular 

O jovem foi preso e conduzido para a 2ª DRPC (Delegacia Regional de Polícia Civil), assim como a droga, o dinheiro e o celular apreendido. Igor de Souza completou 18 anos em março deste ano e, segundo a PM, já esteve internado por 2 anos e oito meses em uma clínica em Itamonte (MG).



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.