Postado em domingo, 28 de junho de 2020 às 21:08

Morte registrada por Covid-19 em Campos Gerais é de funcionário de asilo com nove casos

Prefeitura confirmou a morte na sexta-feira e neste sábado, informou que se tratava do funcionário de 56 anos.


A primeira morte por coronavírus em Campos Gerais (MG) é de um dos funcionários do Asilo Vila Vicentina, local onde foram confirmados nove casos da doença, entre idosos e colaboradores. A morte foi registrada na sexta-feira (26), mas neste sábado a prefeitura confirmou a identidade da vítima.

O homem tinha 56 anos. Ele ficou internado na Santa Casa de Alfenas desde o dia 18 de junho. A vítima não tinha nenhuma doença associada.

Sete dos casos eram em idosos e dois em funcionários. Segundo a prefeitura, os demais casos registrados no asilo seguem assintomáticos, isolados e em acompanhamento. Todas as famílias foram avisadas das contaminações no asilo, que atende 49 idosos.

Além destes casos, Campos Gerais confirmou um novo registro da doença, em uma pessoa que está em isolamento domiciliar. A cidade tem agora 48 casos confirmados. Ainda conforme o setor de Saúde, duas pessoas de 49 e 55 anos estão internadas na Santa Casa de Alfenas.

Fonte: G1



NOTÍCIAS RELACIONADAS


DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.