Postado em domingo, 23 de fevereiro de 2020 às 17:05

Prefeito publica vídeo afirmando que radar na entrada da cidade não é usado para emitir multas

O aparelho não arquiva a velocidade dos veículos para emissão automática de multas, mas agente de trânsito pode registrar a infração.


Da Redação

Em sua página no Facebook, o prefeito Luiz Antônio da Silva (Luizinho/PT) publicou um vídeo no qual afirma que o radar, instalado no trevo de acesso a Alfenas (entroncamento da BR-491 com a MG-179), não é usado para emissão de multas.

A finalidade do aparelho, instalado recentemente e que já está em operação, é apenas educativo, segundo o prefeito. “Vim mostrar que os pórticos digitais não multam. São educativos”, postou.

No vídeo, o prefeito admite uma falha na sinalização no lado direito da pista, onde uma placa prejudica a visão do motorista (Foto: Reprodução/Facebook)


Ainda segundo a postagem, o aparelho mede a velocidade do veículo com o objetivo educativo e informativo. Porém, essa informação não é registrada para emissão automática de multas.

Mas, se algum agente de trânsito estiver no local e verificar que o veículo estava acima da velocidade máxima permitida, o motorista pode ser multado pela infração, de acordo com o Código de Trânsito. A velocidade máxima permitida no trecho é de 30 km/h.

A postagem feita pelo prefeito foi após diversos questionamentos de motoristas que passaram pelo local. Alguns encaminharam questionamentos por meio do Alfenas Hoje e outros publicaram nas redes sociais, levantando a hipótese de que o aparelho estava registrando a velocidade dos automóveis para emissão de multas.



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.