Postado em terça-feira, 1 de outubro de 2019 às 11:11

Prefeitura cancela show do Jota Quest que seria realizado nos 150 anos de Alfenas

A apresentação seria realizada em comemoração ao aniversário da cidade, no dia 15 de outubro.


Alessandro Emergente

A Prefeitura de Alfenas cancelou o show da banda Jota Quest, que seria realizado em comemoração aos 150 anos de Alfenas. O motivo alegado é a situação financeira do município ocasionada pela falta de repasses pelo Estado.

A informação oficial sobre cancelamento foi divulgada em nota nas redes sociais. Em seu perfil no facebook, o prefeito Luiz Antônio da Silva (Luizinho/PT) comentou a decisão. “Shows cancelados. Sempre fizemos shows quando foi possível. Movimenta a cidade e muitos trabalham. Sinto como um pai que quer trazer alegria, mas lembra-se da saúde, do supermercado e da escola dos filhos, entre outros e sofremos por não fazer”, disse na mensagem publicada.

Na nota divulgada pela Prefeitura de Alfenas, a administração alega que Minas Gerais vive uma de suas piores crises, especialmente pelas consequências do fim do ICMS exportação (Lei Kandir), o que afeta a distribuição de recursos aos municípios. Segundo o governo local, o governo federal deixou de repassar R$ 250 bilhões a Minas como forma de reposição de perdas. Desses recursos, Alfenas teria direito a R$ 80 milhões, segundo a nota.

Retenção de recursos

Além da não reposição pelas perdas com o fim da Lei Kandir, a administração municipal também aponta a falta de repasses pelo Estado, o que inclui transferências obrigatórias que o governo estadual deixou de cumprir. São mais de R$ 17 milhões retidos nos dois últimos anos.

“Diante dessa situação não tivemos outra opção senão cancelar os shows do aniversário da cidade”, diz a nota que faz um agradecimento especial a Wilson Silveira, pai do vocalista Rogério Flausino, da banda Jota Quest.

Em março de 2017, a Prefeitura de Alfenas chegou a lançar um comitê para organização das festividades dos 150 anos da cidade. Na época, o lançamento do comitê foi comemorado com a apresentação da Esquadrilha da Fumaça. A ideia era realizar uma série de ações comemorativas.

A municipalidade tem enfrentado dificuldades orçamentárias, inclusive para custear despesas obrigatórias. Na semana passada, a Câmara Municipal autorizou a Prefeitura a antecipar recursos para evitar bloqueio de repasses. O dinheiro, cerca de R$ 1,8 milhão, será usado para saldar débitos com a Previdência Social, evitando a suspensão de transferências do Fundo de Participação do Município. Abaixo, a nota divulgada pela Prefeitura de Alfenas.



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.