Postado em sábado, 7 de setembro de 2019 às 07:07

Ex-vereador é preso após ser acusado de ameaça a Guarda Municipal

Paulinho Gasolina, como é conhecido, foi conduzido para Delegacia da Polícia Civil, em Alfenas.


Da Redação

O ex-vereador Paulo Ávila (conhecido como Paulinho Gasolina), 64 anos, foi preso na tarde de sexta-feira sob a acusação de ameaça a um Guarda Civil Municipal. A ameaça teria ocorrido, segundo o GCM, após o ex-vereador estacionar o veículo em local proibido no centro de Alfenas.

De acordo com a ocorrência, Paulinho Gasolina estacionou o veículo, VW Fusca, em um local proibido, com grande fluxo de veículos. Ao ser advertido pela GM, o motorista teria retirado o carro parado em uma esquina próxima.

Nesse local, o GM Alexandre Roberto relatou que o ex-vereador disse que caso chegasse alguma multa o guarda municipal “veria com ele”. Diante da ameaça, o GM deu voz de prisão e o motorista foi conduzido até a 2ª Delegacia Regional da Polícia Civil (Depol).

Paulinho Gasolina foi levado para Depol após ser acusado de ameaçar um GCM (Fotos: Reprodução/Minas Acontece)


Durante a abordagem, o GCM chegou a dar ordem de parada, mas o motorista prosseguiu e, com isso, a viatura da GCM teve que ultrapassar o Fusca para impedir uma fuga. No entanto, o motorista do Fusca não parou o automóvel, o veículo acabou se chocando com a viatura na Praça Getúlio Vargas.

O ex-vereador disse que somente parou em local proibido para embarcar um passageiro, mas ao ser advertido saiu do local e que somente teria perguntado ao GCM se foi multado, uma vez que – segundo ele – já foi multado pelo mesmo guarda municipal. Sobre a colisão, alegou que não conseguiu evitar o acidente. Ele foi conduzido para Depol, onde prestou depoimento e foi liberado.



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.