Postado em domingo, 21 de julho de 2019 às 17:05

Transferências de impostos para Alfenas têm queda de R$ 1,5 milhão

Os valores representam uma redução de quase 6% quando comparado com os cinco primeiros meses do ano passado.


Da Redação

A queda de transferência de impostos do Governo do Estado para Alfenas acompanhou a tendência de queda verificada entre os municípios mineiros. O período analisado refere-se de janeiro a maio deste ano na comparação com o mesmo período do ano anterior.

Em Alfenas, os repasses caíram de R$ 26 milhões para R$ 24,5 milhões seguindo a retração. A queda foi de 5,83%. No Sul e Sudoeste de Minas, entre as 10 maiores cidades, o percentual de queda variou de 5,45% (caso de Pouso Alegre) a 13,93% (caso de São Sebastião do Paraíso).

Os dados são do Portal da Transparência do Estado de Minas Gerais e se referem a pagamentos efetivados pelo governo. Os números foram divulgados na última quinta-feira pelo G1. Juntas, as 10 cidades do Sul de Minas que mais receberam repasses no 1º semestre arrecadaram R$ 439,1 milhões contra R$ 467,3 milhões no mesmo período de 2018.



Extrema foi o único município que recebeu mais impostos nos primeiros cinco meses deste ano do que no mesmo período do ano passado. Entre repasses de ICMS, IPI e IPVA, o município recebeu R$ 77,1 milhões neste ano contra R$ 75 milhões de 2018.

A queda nos repasses nos primeiros cinco meses deste ano sofreu, segundo a Secretaria de Estado de Fazenda, influência do mês de janeiro, quando não foram repassadas verbas para os municípios. Essas verbas, assim como de meses anteriores, entraram em um acordo feito entre o governo e a Associação Mineira dos Municípios, intermediada pela Justiça, cujo prazo de adesão terminou na semana que passou. Alfenas foi uma das cidades que aderiu ao acordo.



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.