Postado em quarta-feira, 17 de julho de 2019 às 17:05

Condenados por adoção ilegal são procurados pela Polícia Federal

O caso se arrasta desde a década de 1990 quando uma criança foi levada para os EUA.


Da Redação

Agentes da Polícia Federal (PF) estão empenhados no cumprimento de mandados de prisão de condenados em um esquema para adoção ilegal de crianças, com origem em Alfenas. No início deste mês, a PF esteve em Alfenas e efetuou a prisão de Teresa Maria Paiva Prado. As informações foram divulgadas pelo Repórter Digital, página de notícias no Facebook, e o Blog do Juquiel, do jornalista Juquiel dos Santos.

A prisão de Tereza foi em cumprimento a uma determinação da Justiça Federal. Ela foi levada para o Presídio de Alfenas e, depois, transferida para Varginha. As investigações e processos se arrastavam desde a década de 1990.

Uma outra pessoa, Dilza Mariano Rocha, também era alvo de mandados de prisão, mas ela não foi localizada e, com isso, é procurada pela Justiça. Outro envolvido, Amilcar Groschel, já estava preso desde junho último em Varginha. Os três receberam penas de seis anos e quatro meses em regime fechado, informou o Repórter Digital.

Em 1994, uma criança foi adotada ilegalmente por um casal que reside nos Estados Unidos. O casal, formado por um brasileiro e uma norte-americana, não teria apresentado defesa durante o processo. Os dois foram condenados e agora devem ser procurados pela Interpol.

Dilza e Amilcar Groschel teriam feito as intermediações para adoção do bebê ao casal que vive no Estados Unidos. A documentação da criança foi falsificada em um cartório de registro, onde Tereza trabalhava. O caso também inclui uma tentativa de adoção ilegal, em 1999.



DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.