Postado em quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Pelo 3° dia consecutivo bandidos assaltam o comércio de Alfenas

Alessandro Emergente

A onda de assaltos em Alfenas não para. Nesta quarta-feira, uma padaria, no bairro Vila Betânia, foi o alvo dos bandidos que fugiram em uma moto Y-BR 125 cc, cor azul. Foi o terceiro dia consecutivo em que os criminosos agiram, sempre usando uma motocicleta para facilitar a fuga. Em outra ocorrência um homem ateou fogo contra o próprio corpo.

O assalto foi por volta das 18h30. Um homem - mulato, de 1,65 m de altura - entrou no estabelecimento usando um capacete vermelho e anunciou o assalto com um revólver preto (cano curto) em punho. De acordo com relatos à polícia, o bandido usava calça jeans, camisa bege e uma pochete preta.

Do lado de fora, na esquina da rua João de Souza Sobrinho com a Cristina Mendes,
um outro indivíduo aguardava a ação do companheiro. Eles fugiram de moto levando uma quantia entre R$ 800 a R$ 1,2 mil. O valor exato ainda não tinha sido levantado.

A mesma padaria foi vítima do mesmo tipo de assalto em outubro do ano passado. Este foi o terceiro assalto em três dias - sempre em horários semelhantes. Na segunda foi assaltado um supermercado no Jardim América. Na terça, um posto de combustível no Gaspar Lopes.

Suspeito

No final da tarde desta quarta-feira, a Polícia Militar (PM) conduziu até a Delegacia um suspeito de ter praticada o crime na noite de terça-feira em Gaspar Lopes. No entanto, o suspeito foi liberado.

Quem souber alguma pista que leve até aos criminosos, pode fazer denuncias anônimas pelos telefones 190 (PM) ou 181 (Polícia Civil). Ontem, uma moto furtada foi recuperada após uma denúncia anônima feita no 190.

Fogo no Corpo

No final da tarde desta quarta-feira, um homem de 42 anos jogou fogo no próprio corpo na avenida Governador Valadares, próximo ao posto do Grupo Tamandaré. Clóvis Morais da Silva teria jogado gasolina no corpo e depois ateado fogo.

Segundo relato de testemunhas ao Corpo de Bombeiros, funcionários de uma loja, próxima ao local, viram o homem em chamas e utilizaram um extintor para apagar o fogo. Ele teve os braços queimados, além de parte do rosto, orelha e tronco frontal.

A equipe do Corpo de Bombeiros encaminhou a vítima ao Hospital Universitário Alzira Velano (HUAV). Ele perdeu a consciência no caminho até o Hospital, mas a respiração e as batidas cardíacas estavam normais, segundo os bombeiros.

De acordo com informações extra-oficiais, Clóvis Silva é morador do bairro Jardim Primavera, o que não foi confirmado.

Em fevereiro de 2009, um homem morreu após atear fogo no próprio corpo. O fato aconteceu em frente a um comércio na avenida São José. 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.