Postado em terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Bombeiros orientam moradores do centro a deixar imóveis

Henrique Higino

Duas famílias tiveram que deixar seus imóveis, localizados um ao lado do outro na Rua Juscelino Barbosa, depois que um laudo do Corpo de Bombeiros encontrou a estrutura parcialmente afetada devido a “trincas de causa desconhecidas”.

O laudo foi emitido no dia 09, sábado, e na mesma data as famílias deixaram as residências. As casas ficam na região central da cidade, uma delas na esquina da rua Tiradentes.

Os imóveis são de classe média e apresentaram as rachaduras, na parte interna e externa, desde a última sexta-feira. As trincas se espalharam por vários cômodos. Um dos portões da garagem cedeu, não abre e nem fecha. Do lado de fora, é possível observar que a residência afundou alguns centímetros. A calçada também foi afetada.

Estrtutura das casas estão comprometidas

No sábado, além do Corpo de Bombeiros, funcionários da Copasa também estiveram no local. Segundo uma moradora, que pediu para não ser identificada, a Estatal deve enviar nesta terça-feira um perito para avaliar a causa das rachaduras.

A Defesa Civil do Município só ficou sabendo do problema na tarde de hoje, cerca de três dias após o início das trincas e dois dias depois do laudo dos Bombeiros.

Edivaldo Lopes Feitosa, coordenador da Defesa Civil, foi procurado no domingo pela reportagem do Alfenas Hoje, mas estava na zona rural em um trecho sem cobertura de celular.

Na tarde desta segunda-feira, Edivaldo disse que um engenheiro da prefeitura iria até o local. Ele não precisou o horário e garantiu que daria retornou após a visita do profissional de obras. Mas, até a publicação desta matéria, Edivaldo não retornou a ligação.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.