Postado em quinta-feira, 14 de março de 2019 às 19:29

Entendendo a sua concorrência

Saiba como consolidar vantagens comparativas e ganhar espaço no mercado.


Entendendo a sua concorrência

Antes de analisar e entender a sua concorrência, é preciso identificar quais empresas se encaixam nesse perfil. Para isso, é importante conhecer os dois principais tipos de concorrência. São eles a concorrência direta e concorrência indireta.

A concorrência direta abrange empresas que ofertam os mesmos produtos e serviços que você. Por exemplo, se você comercializa pizzas, outras pizzarias serão suas concorrentes diretos.

Já a concorrência indireta abrange empresas que ofertam bens substitutos ao seu, ou seja, produtos que são diferentes mas satisfazem a mesma necessidade do consumidor. Assim, uma hamburgueria é concorrente indireta de uma pizzaria, já que também vende alimentos.
Definindo o que deve ser analisado

Após delimitar os concorrentes, é hora de selecionar os critérios de comparação entre o seu negócio e a concorrência. Há critérios abrangentes, como atendimento e qualidade do produto. No entanto, o ideal é também analisar critérios específicos do setor ou mesmo de seu empreendimento.

Para ficar no mesmo exemplo, existe no setor alimentício uma grande diversidade de opções. O tempo de produção de cada alimento também pode variar muito de empresa para empresa. Critérios como esses podem apontar vantagens comparativas entre a sua organização e as demais.

Independente dos critérios escolhidos, é importante que eles sejam mantidos durante todo o processo de análise, para que haja comparabilidade dos dados e melhores resultados.

Qualificando os resultados
Concluída a primeira etapa de análise, é preciso quantificar os aspectos mais subjetivos da avaliação. Realizar esta tarefa não é fácil. No entanto, há plataformas e métodos consagrados no mercado que podem ajudar, como o “Business Model Canvas Splash”.

Também chamado de Modelo Canvas, o método permite que o usuário quantifique seus dados de forma visual e possa tomar decisões estratégicas mais facilmente. Outra de suas vantagens é a mutabilidade. Com o método Business Model Canvas Splash é possível variar os critérios avaliados conforme a necessidade.



Consolidando suas vantagens comparativas

Ao completar a análise concorrencial, chega-se à pergunta final: como utilizar essas informações para que minha empresa se destaque no mercado?

A resposta é identificar as falhas dos concorrentes e implementar soluções para problemas parecidos do seu negócio. Assim, você estabelece vantagens comparativas. Ou seja, o que há de positivo no seu empreendimento que os concorrentes não têm.

Isso é muito mais eficaz que apenas copiar pontos positivos dos concorrentes. Se seguir o mesmo caminho que eles, sua empresa perderá seu valor diferencial. Além disso, é pouco provável que você consiga atingir ou superar o nível do concorrente se ele já faz aquilo há mais tempo ou tem mais recursos que você.

Resumindo, o melhor é focar nas suas vantagens comparativas. Assim a etapa anterior, identificá-las e implementá-las é uma tarefa complicada. Exige olhar técnico, crítico e varia de caso para caso.

Porém, se isso for feito de forma correta e eficaz, sua empresa pode se destacar e ganhar espaço no mercado. O ideal é focar em poucos pontos e implementá-los com cautela, para que eles tenham a devida atenção e tornem-se, de fato, vantagens comparativas.

Para auxiliar o seu caminho, leia o artigo sobre as 5 forças de Porter já postado por aqui, assim como o texto sobre Como calcular o preço de um produto ou serviço, nos quais há informações importantes para a formulação das vantagens comparativas do um empreendimento.

Gostou do texto? Nós da Econsult também estamos disponíveis para ajudar! O serviço de Plano de Negócios engloba a estruturação das suas vantagens comparativas e a análise completa da sua concorrência.





Fonte: Econsult

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.