Postado em domingo, 3 de fevereiro de 2019 às 13:01

Bombeiro da reserva evita que jovem seja assassinada pelo ex-namorado

Um homem de 42 anos foi preso após esfaquear a vítima, que foi internada em estado grave.


Da Redação

Um homem, de 42 anos, foi preso na noite de sábado após esfaquear a ex-namorada, de 21 anos. Um bombeiro da reserva, que é vizinho do casal, ao perceber que a vítima estava sendo esfaqueada, estourou o cadeado da casa com um disparo de arma de fogo, entrou na residência e conseguiu conter Sérgio Moizes da Silva, responsável pelas facadas.

A vítima foi socorrida e levada para o Hospital Universitário Alzira Velano (HUAV), onde foi internada em estado grave. Ela possuía várias perfurações pelo corpo, mas estava consciente no momento em que foi socorrida. O número de perfurações não foi confirmado, mas – segundo informações extraoficiais – foram cerca de 11 facadas.

O caso foi na noite de sábado no Jardim América (Fotos: Reprodução/Diário Independente)


Ao ser acionada, Polícia Militar foi rapidamente para o local, que fica na rua Valda Tiso Veiga, no Jardim América, e prendeu Sérgio da Silva em flagrante sob a acusação de tentativa de homicídio. Ele ainda estava sujo de sangue, quando os PMs chegaram ao local.

O suspeito de tentativa de assassinato tinha sido dominado pelo bombeiro da reserva Alexandre José Silva, 49 anos, que agiu após perceber que a jovem estava sendo esfaqueada. A versão foi confirmada por outra testemunha.

Sérgio da Silva disse aos policiais que desferiu as facadas, após uma discussão, por não aceitar o fim do relacionamento. Ainda segundo a sua versão, os dois namoravam há três anos e, nos últimos 20 dias, estavam separado, porém continuavam se encontrando. O homem foi levado para a 2ª Delegacia Regional da Polícia Civil, para onde foi levada a faca apreendida.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Caracteres Restantes 500

Termos e Condições para postagens de Comentários


COMENTÁRIOS

    Os comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.